terça-feira, 30 de novembro de 2010

- Eu me apaixono...

Postado por Babi às 22:10
Reações: 
0 Comente aqui.
explicou ele pegando suas mãos e apertando com força. – De novo e de novo. E todas as vezes tudo acaba de maneira catastrófica.

- Olhe para Mim- Implorou Daniel. – Agora é que fica Difícil.
Luce abriu os Olhos.
- A pessoa por quem me apaixono todas as vezes é você.

Livro: Fallen

domingo, 28 de novembro de 2010

Risque as coisas idiotas que você já fez...

Postado por Babi às 13:10
Reações: 
0 Comente aqui.
1. Fingir que Tic Tac é cápsula de remédio.

2. Apostar corrida com o locutor da tele-sena no comercial falando os números sorteados.
3. Desenhar um relógio no braço.
4. Tampar o ralo do chão do banheiro pra fazer uma piscininha.
5. Comer Trident com papel porque “papel de Trident é comestível”

6. Fazer a proeza de enfiar o dedo no próprio olho sem querer.
7. Ficar entortando aquele lápis verde, e quebrar.
8. Apostar corrida de gotas na janela do carro quando tá chovendo.
9. Sonhar que foi pra aula pelado, ou sem uma parte da roupa.
10. Apagar tudo que estava escrevendo, quando vê que a outra pessoa está digitando alguma coisa no MSN.
11. Tentar equilibrar o interruptor de luz no meio, entre aceso e apagado.
12. Tirar uma nota melhor que o Nerd da sala sem ter estudado.
13. Abrir uma nova guia na internet e esquecer o que ia fazer.
14. Fingir que está fumando aqueles palitinhos salgados “Stiksy” da Elma Chips.
15. Ficar mordendo o copo de plástico depois de beber o que tinha dentro, depois rasgar em várias tiras pra fazer um sol.
16. Deixar sempre o volume do rádio/tv em um número redondo ou múltiplo de 5.
17. Ficar com preguiça de colocar um rolo novo de papel higiênico no lugar e deixar ele solto na pia.
18. Ficar desconfortável quando está assistindo TV ou um filme com os pais e começa uma cena de sexo.
19. Falar mal de alguém para outra pessoa e descobrir que era um parente/amigo dela.
20. Responder algo para alguém que está na sua frente e descobrir que a pessoa não estava falando com você. [vááárias vezes]
21. Tirou o recheio de todas as Trakinas do pacote pra depois comer tudo de uma vez.
22. Esqueci o Twitter aberto por 15 minutos e quando voltei tinha 159 tweets pra ler.
23. Sentir a necessidade de apertar uma tecla sempre que passa perto de um teclado ou piano.
24. Sonhar que está tentando correr e mesmo assim se mover vagarosamente.
25. Desligar o plugin do MSN que mostra a música que você tá ouvindo para ouvir músicas toscas escondido.
26. Gritar “Aeeeee” quando a luz acaba.
27. Quando era pequeno, fingir que estava dormindo quando chegava de carro em casa, pra ser levado no colo pra dentro.
28. Ficar falando coisas obscenas ou besteira quando um amigo está falando com os pais no telefone.
29. Abrir o freezer e ficar feliz ao ver o pote de sorvete, abrir e ver que é feijão congelado.
30. Colocar caixinha vazia de Chiclets Adams/Clorets no dedo indicador.
31. Na hora de digitar a senha errar uma letra e apagar tudo só pra ter certeza.
32. Escrever uma risada gigante no MSN mesmo sem estar rindo.
33. Dar umas 5 chineladas em uma aranha. Ela nunca morre na primeira, começa a se retorcer, e vc tem que acabar logo com o sofrimento.
34. Estar assistindo algo super legal na Tv, e mudar sem querer tentando aumentar o volume
35. Ficar se coçando com uma caneta e só depois de um tempão ver que se riscou inteiro porque a ponta tava pra fora.
36. Falar a mãe do seu amigo, que estava sem fome, mas estava com muita fome.
37. Tentar cortar um pedaço de carne com uma faca ruim, quando finalmente consegue, o pedaço sai voando do prato junto com o arroz.
38. Achar que está ganhando de alguém no videogame até descobrir que a sua tela era a de baixo.
39. Se molhar inteiro quando tenta lavar uma colher.
40. Se olhar no espelho no final do dia/aula e perceber que ficou o dia inteiro com o cabelo zoado, ou com alguma coisa na cara.
41. Querer digitar “!!!!!!!” e aparecer um “1” no meio!!!!!1!!
42. Levar mais tempo procurando o controle remoto do que levaria para simplesmente levantar e ligar direto na TV.
43. Colocar o braço perto da TV só pra ver levantar os pelinhos do braço.
44. Tentar pegar uma coisa que está caindo e derrubar outra.
46. Quando a vida tá muito complicada querer voltar no tempo, quando as únicas preocupações eram ganhar Tazos e acompanhar Pokémon.
47. Quando era pequeno, acordar cedo, pegar um cobertor e ir para a sala assistir desenho
48. Ficar com raiva de si mesmo quando queima a língua.
49. Quando tem alguém concentrado contando alguma coisa, ficar falando números aleatórios, só pra confundir.
50. Quando pequeno, querer ter uma entrada para o quarto igual do Nino do Castelo Rá-Tim-Bum.
51. Achar que a prova/teste foi fácil… até receber a nota.
52. Ter vontade de engolir o Bubbaloo vermelho.
53. Roubar dinheiro no banco imobiliário.
54. Se sentir FODA quando abre o livro na exata página que o(a) professor(a) pediu.
55. Colocar o celular no silencioso quando pedem pra desligar.
56. Contar quantas pessoas têm na sua frente pra saber qual questão você vai ter que responder pro(a) professor(a).
57. Zoar um professor substituto junto com a turma inteira.
58. Fazer uma lista mental de todas as cagadas que você fez nas últimas semanas, quando o pai/mãe fala:”Precisamos ter uma conversa”.
59. Ficar na tensão quando alguém vem e fala: “Preciso falar com você..”
60. Gostar quando acontece uma cagada enorme mas no final tudo fica bem, e você ganha uma história boa pra contar pra todo mundo.
61. Ir dormir Domingo esperando a próxima Sexta-feira ou feriado.
62. Ficar muito feliz quando tem uma pergunta no teste, que dá a resposta para outra.
63. Derrubar gelo no chão e chutar pra de baixo da geladeira, pra não precisar pegar.
64. Antes de ir dormir, contar quantas horas vai ter de sono até ter que acordar


Nossa, como eu sou fuck idiot... hahahaha (:
 
Fonte: Blog da Bubu.

terça-feira, 23 de novembro de 2010

"... mas o Sr. Darcy,

Postado por Babi às 22:20
Reações: 
0 Comente aqui.
o amigo, logo chamou sobre si as atenções do salão pela sua alta e elegante estatura, os traços formosos e o porte desenvolto, correndo célere, cinco minutos após a sua entrada, o rumor de que ele possuia rendimentos no valor de dez mil libras anuais. Os cavalheiros classificaram-no como um belo tipo de homem, as senhoras declararam ser ele bem mais formoso que o Sr. Bingley, e ele foi longamente admirado, até os seus modos deixarem transparecer um enfado que muito afetou a sua popularidade. A partir desse momento consideraram-no um orgulhoso e pedante, longe de se mostrar divertido, e nem as suas extensas prosperidades no Derbyshire o impediram de ter uma expressão sinistra e desagradável e ser indigno de comparação com o amigo.
O Sr. Bingley em breve tinha feito conversa a todas as principais pessoas na sala. Alegre e animado, dançou todas as danças, lamentou o baile terminar tão cedo e falou em ele próprio realizar um em Netherfield. Tais qualidades, só por si, falavam. E que contraste entre ele e o seu amigo! O Sr. Darcy dançou apenas uma vez com a Sra. Hurst e outra com a Menina Bingley, recusou ser apresentado a qualquer outra jovem e passou o resto da noite passeando pelo salão, conversando ocasionalmente com um ou outro do seu grupo. O seu caráter estava definido. Era o homem mais orgulhoso e desagradável do mundo, e todos esperavam que ele não mais voltasse ao seu convívio. Entre as pessoas mais inflamadas contra ele contava-se a Sra. Bennet, cuja antipatia pelo seu comportamento geral se avivara num ressentimento particular por ele ter desdenhado uma das suas filhas."


É difícil encontrar num livro um refúgio no qual podemos nos esconder do mundo real, e muito mais difícil é encontrar um personagem pelo qual podemos nos sentir atraidos, nesse caso em específico, Mr. Darcy é meu sonho de consumo literário. Por mais que possa parecer idiota para algumas pessoas, afinal, quem se apaixona por um personagem de um livro? Na verdade, a pergunta certa seria "como não se apaixonar por Mr. Darcy?"

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Um fim, um começo...

Postado por Babi às 20:04
Reações: 
1 Comente aqui.
Olá pessoas,

o post de hoje é mais que especial por diversos motivos. O ano termina, e junto com ele, nosso ensino médio. A sensação de "e agora?" bate forte a cada dia, meus olhos se enchem de lágrima só de imaginar que a escola já faz parte de um passado - próximo - mas um passado. O que fazer quando encarar uma sala nova com pessoas que você provavelmente nunca viu na vida? Não ter mais aquela segurança de estar no meio de pessoas que você convive a tempos é algo que me deixa insegura.

E agora José? Nosso ano termina e junto com ele, muitos de nós irá seguir um caminho totalmente diferente, longe daqui, longe da nossa turma, longe daquilo que estamos acostumados. Ficar sentado durante horas, prestando atenção em coisas que muitas vezes nos parece desnecessárias, banais, mas que mesmo assim, será algo que lembraremos para sempre


Aquele professor metódico, meio doido às vezes, mas que no fundo é um amor de pessoa e só quer tirar o melhor de nós ( né Rafa?), aquela  professora completamente maluca que responde sempre à altura (né Val?) ou então aquela professora que só quer o nosso bem mas que muitas vezes (sempre) é mal interpretada (né Karen?) ou então aquele professor que está com agente desde o começo e que está sempre presente nos churrascos de turma e nos mostra que professores têm sim vida social ( né Cleyton?) ou então aquele professor que adora fazer piada com a sua cara ( né Bruno?) ou então aquele professor novo, que demorou para ser aceito (né Max?) e aquele professor que nos faz rir com suas piadas sem graça e se preocupa conosco tanto quanto nossos pais (né Della?), aquele professor que tem um prazer gigantesco pelo que faz e nos da inspiração ( né Rodrigo?) ou então aquela professora que tem a mente poluída tanto quanto a minha (né Sandra?) ou então aquela professora que apesar de nova é uma exelente professora (né Mayna?).

São esses pequenos detalhes que vão fazer falta, aquele puxão de orelha, aquela discusão para saber que cor vai ser a  camiseta das olimpíadas, as piadas, as briguinhas, as pérolas...

Sei que alguns vão se mudar, alguns eu nunca mais vou ver, alguns eu vou continuar vendo, mas mesmo assim, quero aproveitar esse post para agradecer. Agradecer por esses anos de convivência, enfim, por tudo.

Amo todos vocês que fizeram parte da minha história.

Mas aguardem, esse é só o começo do resto de nossas vidas.






Obrigada 3ªº B

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Postado por Babi às 23:16
Reações: 
0 Comente aqui.
Olá pessoas,

muitas vezes tenho deixado minha responsabilidade de cuidar do meu tão querido e paciente blog de lado. Eu juro que queria tomar um suco de imaginação para no mínimo escrever poucas palavras com pelo menos algum significado.

Sinto que estou traindo um grande amigo ao me pegar olhando para a página "nova postagem" e não tendo nada a dizer, ou pelo menos, nada que eu consiga escrever.

Fico com um aperto no peito e sinto que a única coisa que não permite que meus pensamentos corroam apenas a mim já não é o suficiente. Acho que o único problema sou eu, sempre foi. Tenho o incrível poder de abandonar as coisas por mais incríveis que sejam.

Vou voltar a escrever, esse é o remédio para minhas tardes vazias em que não tenho ninguém para conversar, consigo falar sozinha com várias pessoas. Acho que amo isso aqui.

Tenho alguns leitores de passagem, a grande maioria é. Mas tenho também leitores fiéis que esperam anciosos para ler a próxima porcaria que eu escrever. Pois é, tem gosto pra tudo.

"Olhe, tenho uma alma muito prolixa e uso poucas palavras.

Sou irritável e firo facilmente.
Também sou muito calmo e perdôo logo.
Não esqueço nunca.
Mas há poucas coisas de que eu me lembre."
Clarice Lispector

Isso foi só mais umas das minhas desculpas para justificar o abandono. Minhas desculpas estão acabando, então preciso criar vergonha na cara e escrever mais.
 
Frase do dia:
A cada bela impressão que causamos, conquistamos um inimigo. Para ser popular é indispensável ser medíocre.

Oscar Wilde


domingo, 14 de novembro de 2010

- Será que estou louco?

Postado por Babi às 00:58
Reações: 
0 Comente aqui.
- Sim. Está pirado! - Posso te contar um segredo?
- Sim.
- As melhores pessoas são assim!
(Alice in Wonderland)

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

In off,

Postado por Babi às 22:51
Reações: 
0 Comente aqui.
ENEM... = EU NEM ESTUDAVA MESMO.

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Luíz Fernando Veríssimo

Postado por Babi às 20:59
Reações: 
0 Comente aqui.
"Senhor, dê-me serenidade para aceitar as coisas que não posso mudar, a coragem para mudar as coisas que não posso aceitar e a sabedoria para esconder os corpos daquelas pessoas que eu tive que matar por estarem me enchendo o saco.
Também, me ajude a ser cuidadoso com os calos em que piso hoje, pois eles podem estar conectados aos sacos que terei que puxar amanhã.
Ajude-me, sempre, a dar 100% no meu trabalho...
- 12% na segunda-feira,
- 23% na terça-feira,
- 40% na quarta-feira,
- 20% na quinta-feira,
- 5% na sexta-feira.
E... Ajude-me sempre a lembrar, quando estiver tendo um dia realmente ruim e todos parecerem estar me enchendo o saco, que são necessários 42 músculos para socar alguém e apenas 4 para estender meu dedo médio e mandá-lo para aquele lugar...
Que assim seja!!!
Viva todos os dias de sua vida como se fosse o último.
Um dia, você acerta."
 

Esse é o MEU conto de fadas. Copyright © 2010 Designed by Ipietoon Blogger Template Sponsored by Emocutez