quinta-feira, 30 de setembro de 2010

IN OFF,

Postado por Babi às 07:40
Reações: 
0 Comente aqui.
BETO  CARRERO WORLD.

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Querida Holly,

Postado por Babi às 14:51
Reações: 
1 Comente aqui.
Eu não tenho muito tempo, não digo literalmente é que você foi comprar sorvete e vai voltar logo! Mas tenho a impressão de que é a última carta porque só resta uma coisa pra dizer, não é para se lembrar sempre de mim ou comprar um abajur, você pode se cuidar sem a minha ajuda, é para dizer como você mexeu comigo, como você me ajudou me amando, você fez de mim um homem, Holly, e por isso eu sou eternamente grato, literalmente. Se pode me prometer alguma coisa, prometa que sempre que se sentir triste ou insegura ou perder completamente a fé vai tentar olhar para si mesma com meus olhos. Obrigado pela honra de ter você como esposa, eu não tenho o que lamentar, tive muita sorte. Você foi a minha vida Holly, mas eu sou apenas um capítulo da sua, haverá mais eu prometo portanto aqui vai o meu grande conselho: não tenha medo de se apaixonar de novo, fique atenta àquele sinal de que não haverá mais nada igual.

P.S. Eu sempre vou te amar.

Para quem reparou, essa é a última carta que o Gerry escreveu para a Holly no filme "P.S. EU TE AMO", um filme lindíssimo que me faz chorar feito uma criança que teve seu pirulito roubado.
E para quem reparou², os últimos três post's foram sobre amor ou algo parecido. Eu realmente não faço a mínima idéia do motivo, só sei que ultimamente tenho pensado mais sobre esse assunto, então deve ser por isso. Não sei.


Enfim, esse post, em especial, era para postar essa carta que na minha humilde opinião, é uma das (se não "a") partes mais lindas do filme.


Beijinhos.


Música de hoje:


Angel - Jack Johnson

sábado, 25 de setembro de 2010

Clarice²

Postado por Babi às 14:30
Reações: 
0 Comente aqui.
Olá pessoas,

na falta de palavras melhores, vou deixar que a Clarice fale por mim. (Sim, denovo. Não reclama)

"Já escondi um AMOR com medo de perdê-lo, já perdi um AMOR por escondê-lo.

Já segurei nas mãos de alguém por medo, já tive tanto medo, ao ponto de nem sentir minhas mãos.
Já expulsei pessoas que amava de minha vida, já me arrependi por isso.
Já passei noites chorando até pegar no sono, já fui dormir tão feliz, ao ponto de nem conseguir fechar os olhos.
Já acreditei em amores perfeitos, já descobri que eles não existem.
Já amei pessoas que me decepcionaram, já decepcionei pessoas que me amaram.
Já passei horas na frente do espelho tentando descobrir quem sou, já tive tanta certeza de mim, ao ponto de querer sumir.
Já menti e me arrependi depois, já falei a verdade e também me arrependi.
Já fingi não dar importância às pessoas que amava, para mais tarde chorar quieta em meu canto.
Já sorri chorando lágrimas de tristeza, já chorei de tanto rir.
Já acreditei em pessoas que não valiam a pena, já deixei de acreditar nas que realmente valiam.
Já tive crises de riso quando não podia.
Já quebrei pratos, copos e vasos, de raiva.
Já senti muita falta de alguém, mas nunca lhe disse.
Já gritei quando deveria calar, já calei quando deveria gritar.
Muitas vezes deixei de falar o que penso para agradar uns, outras vezes falei o que não pensava para magoar outros.
Já fingi ser o que não sou para agradar uns, já fingi ser o que não sou para desagradar outros.
Já contei piadas e mais piadas sem graça, apenas para ver um amigo feliz.
Já inventei histórias com final feliz para dar esperança a quem precisava.
Já sonhei demais, ao ponto de confundir com a realidade... Já tive medo do escuro, hoje no escuro "me acho, me agacho, fico ali".
Já cai inúmeras vezes achando que não iria me reerguer, já me reergui inúmeras vezes achando que não cairia mais.
Já liguei para quem não queria apenas para não ligar para quem realmente queria.
Já corri atrás de um carro, por ele levar embora, quem eu amava.
Já chamei pela mamãe no meio da noite fugindo de um pesadelo. Mas ela não apareceu e foi um pesadelo maior ainda.
Já chamei pessoas próximas de "amigo" e descobri que não eram... Algumas pessoas nunca precisei chamar de nada e sempre foram e serão especiais para mim.
Não me dêem fórmulas certas, porque eu não espero acertar sempre.
Não me mostre o que esperam de mim, porque vou seguir meu coração!
Não me façam ser o que não sou, não me convidem a ser igual, porque sinceramente sou diferente!
Não sei amar pela metade, não sei viver de mentiras, não sei voar com os pés no chão.
Sou sempre eu mesma, mas com certeza não serei a mesma pra SEMPRE!
Gosto dos venenos mais lentos, das bebidas mais amargas, das drogas mais poderosas, das idéias mais insanas, dos pensamentos mais complexos, dos sentimentos mais fortes.
Tenho um apetite voraz e os delírios mais loucos.
Você pode até me empurrar de um penhasco q eu vou dizer:
- E daí? EU ADORO VOAR"
Clarice Lispector.

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Há Momentos

Postado por Babi às 22:44
Reações: 
0 Comente aqui.
"Há momentos na vida em que sentimos tanto
a falta de alguém que o que mais queremos
é tirar esta pessoa de nossos sonhos
e abraçá-la.


Sonhe com aquilo que você quiser.
Seja o que você quer ser,
porque você possui apenas uma vida
e nela só se tem uma chance
de fazer aquilo que se quer.


Tenha felicidade bastante para fazê-la doce.
Dificuldades para fazê-la forte.
Tristeza para fazê-la humana.
E esperança suficiente para fazê-la feliz.


As pessoas mais felizes
não têm as melhores coisas.
Elas sabem fazer o melhor
das oportunidades que aparecem
em seus caminhos.

A felicidade aparece para aqueles que choram.
Para aqueles que se machucam.
Para aqueles que buscam e tentam sempre.
E para aqueles que reconhecem
a importância das pessoas que passam por suas vidas.


O futuro mais brilhante
é baseado num passado intensamente vivido.
Você só terá sucesso na vida
quando perdoar os erros
e as decepções do passado.


A vida é curta, mas as emoções que podemos deixar
duram uma eternidade.
A vida não é de se brincar
porque um belo dia se morre."
Clarice Lispector

Música de Hoje:

Nothing but a song - Tiago Iorc

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

S.E.X

Postado por Babi às 19:52
Reações: 
0 Comente aqui.
Olá pessoas,

hoje resolvi falar do meu assunto favorito - sexo. Não que eu seja algum tipo de ninfomaníaca ou algo do tipo. Eu apenas gosto de debater sobre o assunto.

Antigamente, a sexualidade era tratada como um tabu e comentar sobre o assunto era tão pecado quanto falar no diabo dentro de uma igreja. Filhos não podiam debater sobre o assunto com os pais, pois era algo estritamente proibido.

Já hoje, tomamos muito mais liberdade para nos informar e discutir sobre o assunto tanto em casa como na escola.

Mas é claro que com toda essa "liberdade", o sexo, que antes era algo feito com amor (claro que não vamos generalizar... não quero extender muito), hoje virou algo banal. Menininhas de 12 anos, que na minha época (olha a velha falando) brincavam de boneca, hoje fazem sexo. Não que seja algo extremamente anormal, já que em épocas passadas meninas de 14 e 15 anos já eram casadas e geralmente já com filhos. Mas para os "padrões" sociais de hoje em dia, esse fato é um absurdo.

"Não é uma palavra suja, nunca vou dizer isso primeiro
Não é simplesmente o pensamento que nunca passa pela minha mente
Talvez em um estacionamento seja melhor trazer seu amigo junto
Melhor juntos do que só um de cada vez.

S é pela simples necessidade
E é pelo êxtase
X é só para marcar o local porque isso é o que você quer de verdade.

Sim, sexo é sempre a resposta
Nunca uma questão
Porque a resposta é sim ou a resposta é sim
Não é só uma sugestão, se você faz a pergunta,
Então é sempre sim, sim!"

Essa é uma pequena parte da música "S.E.X." do Nickelback.

Na minha humilde opinião, falar sobre sexo deveria ser tão fácil e comum como falar de comida ( hahaha ;D ). Somos seres humanos e assim como tantos outros animais, fazemos sexo. Só que ao contrário dos outros, o sexo não serve apenas para reprodução e sim por puro prazer.

É claro que ninguém vai ser tão "doente" a ponto de falar apenas desse assunto, mas alguns pensamentos maliciosos às vezes, não faz mal nenhum. Pelo contrário.

Aiai... 

Então gente, esse post não ficou bom, e peço desculpas por isso, mas ando tão ocupada com escola e vestibular que mal tenho tempo de escrever no Blog. Então esse post foi apenas para não deixar aqui criando teias de aranha.

Beijinhos,

Música de hoje:

S.E.X. - Nickelback

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Oh, Willian

Postado por Babi às 11:12
Reações: 
1 Comente aqui.
Eu aprendi...

...que ignorar os fatos não os altera;


Eu aprendi...
...que quando você planeja se nivelar com alguém, apenas esta permitindo que essa pessoa continue a magoar você;


Eu aprendi...
...que o AMOR, e não o TEMPO, é que cura todas as feridas;


Eu aprendi...
...que ninguém é perfeito até que você se apaixone por essa pessoa;


Eu aprendi...
...que a vida é dura, mas eu sou mais ainda;


Eu aprendi...
...que as oportunidades nunca são perdidas; alguém vai aproveitar as que você perdeu.


Eu aprendi...
...que quando o ancoradouro se torna amargo a felicidade vai aportar em outro lugar;


Eu aprendi...
...que não posso escolher como me sinto, mas posso escolher o que fazer a respeito;


Eu aprendi...
...que todos querem viver no topo da montanha, mas toda felicidade e crescimento ocorre quando você esta escalando-a;


Eu aprendi...
...que quanto menos tempo tenho, mais coisas consigo fazer.


(Boa noite , Amor )


William Shakespeare

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Fazendo a minha parte

Postado por Babi às 23:18
Reações: 
1 Comente aqui.
Olá pessoas,

hoje eu vim aqui para falar sobre algo que me deixou muito indignada. Não é sobre bandinhas coloridas, nem sobre Justin Biba. É sobre algo realmente importante. Sobre o planeta.

Alguns dias atrás eu estava assistindo a alguns videos no youtube, e me deparei com um video que me deixou realmente irritada. Em alguns pontos de vista eu tenho até que concordar com ele, mas quando ele diz que "o mundo já está perdido, não adianta nada tentar mudar agora" ele perdeu completamente a razão.

Está certo que dez pessoas não vão conseguir modificar algo que está sendo realizado por milhões, mas é por causa de pensamentos assim que nada muda. E é óbvio.

Pelo que eu saiba, esse é um mundo habitado por milhões de pessoas, não apenas por mim ou por você. É impossível que ocorra uma modifiação significativa, quando no mundo em que vivemos ainda existe pessoas com um pensamento extremamente ignorante e individualista.

Atos como: separar o lixo, jogar lixo no lixo, diminuir o tempo no banho, fechar a torneira da pia do banheiro e da cozinha, são atos de cidadania. Para uma mudança no Planeta, basta apenas cumprirmos nosso papel de cidadão, nada a mais nem a menos. Infelizmente, muitos tem o mesmo pensamento "para que fazer isso? Como se isso fosse mudar alguma coisa" e muda. Muda de verdade.

A partir do momento em que você preferir levar o saco de pão na mão ao invéz de usar uma sacola plástica, você já está cumprindo tanto seu papel de salvador do planeta quanto de cidadão. Temos que lembrar que deixaremos esse Planeta de herança, você não vai levar nada com você quando morrer, a única coisa que você pode deixar, é um planeta digno. E eu não quero ser lembrada como "a geração que f#deu com a Terra" você quer?

Eu fico extremamente sensibilizada ao assitir um video como esses que vou postar logo a baixo. Por que eu fui uma das responsáveis por isso. Assim como você, seus pais, seus avós, seus primos... E eu me sinto culpada e obrigada a tomar algum tipo de atitude. Não apenas falar, e sim agir. Você pode até se achar no direito de dizer "eu não tenho nada a ver com isso" mas aposto que você não deixa de lado o conforto do carro e ir de bicicleta ao mercado.

E você "Patricinha" que está achando esse post uma merda sem sentido: quero ver quando tomar sol e adquirir aquele bronze maravilhoso for algo extritamente proibido devid0 aos buracos na camada de ozônio que podem te provocar cancêr de pele nos primeiros minutos de exposição. Só aí você pensará em tomar uma atitude? Quando se tornar algo incômodo para você?

Não é vergonha nenhuma deixar apreguiça de lado e plantar uma muda no jardim da sua casa. Separar o lixo. Tomar banhos mais curtos.

O mínimo que você faz, já é de grande importância.

#Momento vergonha alheia: num dia desses de chuva, e como vocês sabem, em Floripa só não chove mais porque não dá, eu estava na varanda de casa, quando reparei uma certa movimentação na casa do vizinho. Eu como boa vizinha fofoqueira, estiquei me pescoço para ver o que é que estava acontecendo, eis que vi a vizinha com uma mangueira, jogando rios de água e dizendo "vem me ajudar logo antes que a chuva volte mais forte". 

Ai eu penso: porque esse ser respira? 





Por favor, vamos parar de PENSAR em mudar o mundo. Vamos AGIR. Todos juntos na luta contra o aquecimento global.

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Senhor Pleonasmo

Postado por Babi às 21:32
Reações: 
1 Comente aqui.
Olá pessoas,

hoje em especial, estou a fim de escrever sobre algo que realmente me irrita, e olha que essa não é uma lista pequena, mas o problema com o pobre do português é algo que realmente me irrita muito.

Afinal, o que é o Pleonasmo vicioso?

Trata-se da repetição inútil e desnecessária de algum termo ou idéia na frase. Essa não é uma figura de linguagem, e sim um vício de linguagem.


Cara, o que custa dar um pouco de atenção à língua que você fala. Tá, isso não é exclusividade dos brasileiros e temos que ter uma certa tolerância com os analfabetos que infelizmente ainda existem - não que eu queira que todos morram, só acho que o governo devia investir mais na educação do Brasil - politicagem à parte (para esse assunto haverá um post especial), voltemos ao assunto original.

Chega a me dar coçeira ao ouvir "Entrar pra dentro..." ou "Subir pra cima..." CARA, PARA DE SER IDIOTA MEW!

O que mais me deixa indignada são alunos, como por exemplo da minha escola, que óbviamente tem o padrão de vida mais elevado (já que é um colégio particular), têm acesso a livros e a todos os meios para se adquirir o mínimo de cultura, mas fazem questão de ser ignorantes.

O problema desses "playboyzinhos" e "patricinhas" é que eles já se acostumaram tanto com a vida fácil, que não se sentem nem um pouco desconfortáveis com o fato de ter o Q.I. equivalente ao de uma banana. Tá, eu não queria ofender. Me desculpem bananas, foi sem querer.

Esse vídeo é genial:



Não preciso falar mais nada né?

Acho que é só.

Beijinhos.

Não tem música hoje.
 

Esse é o MEU conto de fadas. Copyright © 2010 Designed by Ipietoon Blogger Template Sponsored by Emocutez