domingo, 26 de dezembro de 2010

.

Postado por Babi às 20:28
Reações: 
0 Comente aqui.
Sabe o que é estar sentindo uma vontade enorme de colocar algo para fora e não tem a mínima idéia de como fazê-lo, nem tão pouco, o motivo dessa vontade repentina? Então, estou me sentindo assim hoje.

Estou com vontade de escrever, escrever sobre qualquer coisa. Escrever sobre a vida, talvez. Não sei bem ao certo. Gostaria de saber.

Sabe quando a agonia te deixa desesperada por respostas que você não tem. Como poderia? Eu não tenho nem as perguntas.

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Palavras, apenas.

Postado por Babi às 23:57
Reações: 
0 Comente aqui.
"Estar apaixonado pode ser muito enraçado, agente fica sem noção..." e cada dia mais eu concordo com isso. Eu sinceramente não sei o que me levou a abrir essa página e a começar a escrever. Só sei que estou aqui.

Eu sou uma pessoa de poucas palavras. Prefiro assim. Mas quando eu realmente me interesso pelo que estou escrevendo, não me censuro. Apenas escrevo. Escrevo para me curar de mágoas, escrevo para me abrir, escrevo por mim, escrevo para mim. 

Queria ter o poder das palavras, de com elas poder transmitir tudo que penso sobre tudo. Mas como disse anteriormente, não tenho opinião formada sobre tudo. Como poderia?

Acho que sei o que me trouxe até aqui. Foi o amor. O amor pelas palavras, o amor pelo poder que sinto ao coloca-las em ordem formando pequenos textos sem noção. É... o amor faz com que agente faça coisas idiotas, mas mesmo assim fazemos, pois por mais idiotas que possam parecer, essa é uma imagem que os outros terão de nós. E quem se importa?

Queria também poder me expressar tão facilmente como faço aqui. Mas aqui é tão mais simples. Posso dizer abertamente que estou apaixonada sem o medo de não ser recíproco. É libertador. Tão mais fácil. Quem não prefere essa simplicidade?

Creio que não estou preparada para ser reconhecida pelo meu uso de palavras. Como teria tal audácia. Não sou tão boa assim. Nem sequer sou relamente boa. Sou apenas eu, escrevendo para mim.

domingo, 19 de dezembro de 2010

Postado por Babi às 12:09
Reações: 
0 Comente aqui.
VESTIBULAR!

sábado, 18 de dezembro de 2010

Rock in Rio 2011

Postado por Babi às 12:49
Reações: 
0 Comente aqui.
• Risque as bandas que gostaria de poder ver.

Primeiro dia – Abertura (Los Hermanos, Foo Figthres, Coldplay, Móveis Coloniais de Acaju, Paul McCartney, Radiohead, Incubus, Copacabana Club, Link Park e Muse)

Segundo dia – Dia Pop (Avril Lavigne, Paramore, Blink-182, Vanessa da Mata, Justin Bieber, Shakira, Ivete Sangalo, Lady Gaga e Black Eyed Peas)

Terceiro dia – Dia Hard Rock (Nickelback, Titãs, Bon Jovi, AC/DC, Raimundos, Guns’N Roses e U2)

Quarto dia – Dia Teen (Pitty, Tokio Hotel, McFly, Tiago Iorc, Green Day, JONAS BROTHERS e Miley Cyrus) - QUE MERDA DE DIA HEIM!

Quinto dia – Dia Alternativo/Indie (Arctic Monkeys, Nando Reis, Bob Dylan, Pearl Jam, The Strokes, Red Hot, Skank, R.E.M. e The Killers)

Sexto dia – Encerramento – Dia Heavy Metal (Rush, Sepultura, Avenged Sevenfold, Metallica, Angra, Iron Maiden, Matanza, Evanescence, Slipknot e Ozzy Osbourne)

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Ria

Postado por Babi às 17:40
Reações: 
0 Comente aqui.

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Basta ouvir seu coração - Maurício Manieri e Ivan Lins

Postado por Babi às 19:49
Reações: 
1 Comente aqui.
O Sol quente das manhãs As noites de luar
A vida é tudo o que se quis
E um canto de amor
Mas de repente não há mais música no ar
E tudo é diferente do que você sonhou.
Se você sentir a solidão da escuridão
Pense em quem te faz feliz
A amizade tem um querer bem
Que esteja onde estiver
Tudo vai ser como é
Basta ouvir seu coração.
As lembranças vão surgir
É só você buscar
Abraços e sorrisos
Que ninguém pode apagar
Vão relembrar histórias que você já se esqueceu
Ninguém está sozinho
Se não existe adeus.
Se você sentir a solidão da escuridão
Pense em quem tem faz feliz
A amizade tem um querer bem
Que esteja onde estiver
Tudo vai ser como é
Basta ouvir seu coração.
Há um lugar em você
Onde está a alegria de viver
Preste atenção no que essa voz diz
Em seu coração
Você não vai se perder.

Para: Júlia, Bruninha, Inêz, Kelli, Gabrielly, Érika, Alemão, Pitico, Marina, Ramone, Katha, e muitas outras pessoas que fazem parte. Vocês que fazem a diferença na minha vida, me fazem feliz e me fazem ser quem eu sou. Me desculpe se esqueci de alguém, mas pra quem realmente é especial, eu deixo isso bem claro.

Amo vocês.

domingo, 12 de dezembro de 2010

E o amor...

Postado por Babi às 15:51
Reações: 
1 Comente aqui.
Tenho uma opinião formada sobre quase tudo, mas não sobre o amor. Afinal, como ter uma opinião formada sobre algo que muitos não sabem nem definir?

O amor aparece sem antes pedir licença, e quando vai embora, às vezes sem nem se despedir, deixa um vazio que é quase impossível de preencher novamente. A sensação de que algo está preso em nossa garganta nos deixa cada vez mais tristes e com uma vontade enorme de que isso passe logo. É como uma doença sem cura, a qual você pode ser forte o bastante e sobreviver ou morrer aos poucos.

Acho que tenho sim uma opinião. É a seguinte: porque agente não se apaixona uma vez só na vida? Somente pela pessoa com a qual passaremos o resto de nossas vidas, com quem construiremos uma família e com a qual passaremos os melhores momentos até que a morte venha nos buscar. Juntos.

Seria tudo tão simples. Curtiriamos a vida com muito mais liberdade e sem medo de ser pega desprevinida pelo amor. É triste a verdade, mas você conhece o velho ditado: Faça o que eu falo não faça o que eu faço.

Leia mais alguma coisa sobre o assunto clicando aqui.

Conto de fada do século XXI

Postado por Babi às 15:27
Reações: 
0 Comente aqui.
Era uma vez uma linda moça que perguntou a um lindo rapaz:

- Você quer casar comigo?
Ele respondeu:
- NÃO!
E a moça viveu feliz para sempre, foi viajar, fez compras, conheceu muitos outros rapazes, visitou muitos lugares, foi morar na praia, comprou outro carro, mobiliou sua casa, sempre estava sorrindo e de bom humor, nunca lhe faltava nada, bebia cerveja com as amigas sempre que estava com vontade e ninguém mandava nela. O rapaz ficou barrigudo, careca, o pinto caiu, a bunda murchou, ficou sozinho e pobre, pois não se constrói nada sem uma MULHER

Veríssimo.

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Pesâmes...

Postado por Babi às 19:31
Reações: 
0 Comente aqui.
- Porque levá-lá tão cedo? - os familiares e amigos se perguntavam o tempo todo quando eu adentrei à sala onde estava o caixão. Todas as pessoas que eu conhecia e alguns que eu nunca tinha visto estavam ali, chorando.
Quando olhei para um canto mais reservado da sala, consegui ver, ao longe, a mãe que secava incontáveis vezes seu rosto lavado em lágrimas enquanto se fazia a mesma pergunta. Me aproximei, abaixei para olhar diretamente nos olhos dela, que mesmo embebidos em lágrimas, olharam de volta. Sequei uma nova lágrima que acabará que cair com um pequeno lencindo de pano que eu havia levado.
- Obrigada por vir! - me disse quase sem voz.
- Ela era uma irmã para mim, a sonhora sabe. - respondi tentando manter minha voz o mais normal possível, diante da mãe da minha melhor amiga.
- Não entendo. Os médicos me falaram que ela havia melhorado. Porque Deus quis levá-la de mim? -agora sua voz parecia mais forte apesar dos pequenos soluços.
- Ela era especial, tinha um sorriso que mais ninguém tinha...
- Então porque? - perguntou novamente.
- Não posso te dar uma resposta concreta, mas na minha opinião, Deus a quis perto dele. Tudo acontece por algum motivo, ele deve ter tido o dele.
- Vai ver ele queria ver aqueles pés horrorosos mais de perto - disse dando uma pequena risada discreta ao lembrar das constantes reclamações do tipo "Manhê, esse sapato fica horrível no meu pé" "A única coisa que eu mudaria no meu corpo são meus pés"...
- Ela não precisará  mais de pés, pois ganhará asas que permitirão sua ida a todos os lugares que sonhou, como num passe de mágica.

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Crônica do Amor

Postado por Babi às 20:57
Reações: 
0 Comente aqui.
Ninguém ama outra pessoa pelas qualidades que ela tem, caso contrário os honestos, simpáticos e não fumantes teriam uma fila de pretendentes batendo a porta.

O amor não é chegado a fazer contas, não obedece à razão. O verdadeiro amor acontece por empatia, por magnetismo, por conjunção estelar.
Ninguém ama outra pessoa porque ela é educada, veste-se bem e é fã do Caetano. Isso são só referenciais.
Ama-se pelo cheiro, pelo mistério, pela paz que o outro lhe dá, ou pelo tormento que provoca.
Ama-se pelo tom de voz, pela maneira que os olhos piscam, pela fragilidade que se revela quando menos se espera.
Você ama aquela petulante. Você escreveu dúzias de cartas que ela não respondeu, você deu flores que ela deixou a seco.
Você gosta de rock e ela de chorinho, você gosta de praia e ela tem alergia a sol, você abomina Natal e ela detesta o Ano Novo, nem no ódio vocês combinam. Então?
Então, que ela tem um jeito de sorrir que o deixa imobilizado, o beijo dela é mais viciante do que LSD, você adora brigar com ela e ela adora implicar com você. Isso tem nome.
Você ama aquele cafajeste. Ele diz que vai e não liga, ele veste o primeiro trapo que encontra no armário. Ele não emplaca uma semana nos empregos, está sempre duro, e é meio galinha. Ele não tem a menor vocação para príncipe encantado e ainda assim você não consegue despachá-lo.
Quando a mão dele toca na sua nuca, você derrete feito manteiga. Ele toca gaita na boca, adora animais e escreve poemas. Por que você ama este cara?
Não pergunte pra mim; você é inteligente. Lê livros, revistas, jornais. Gosta dos filmes dos irmãos Coen e do Robert Altman, mas sabe que uma boa comédia romântica também tem seu valor.
É bonita. Seu cabelo nasceu para ser sacudido num comercial de xampu e seu corpo tem todas as curvas no lugar. Independente, emprego fixo, bom saldo no banco. Gosta de viajar, de música, tem loucura por computador e seu fettucine ao pesto é imbatível.
Você tem bom humor, não pega no pé de ninguém e adora sexo. Com um currículo desse, criatura, por que está sem um amor?
Ah, o amor, essa raposa. Quem dera o amor não fosse um sentimento, mas uma equação matemática: eu linda + você inteligente = dois apaixonados.
Não funciona assim.
Amar não requer conhecimento prévio nem consulta ao SPC. Ama-se justamente pelo que o Amor tem de indefinível.
Honestos existem aos milhares, generosos têm às pencas, bons motoristas e bons pais de família, tá assim, ó!
Mas ninguém consegue ser do jeito que o amor da sua vida é! Pense nisso. Pedir é a maneira mais eficaz de merecer. É a contingência maior de quem precisa.
Arnaldo Jabor

Música de hoje:
Since I don't have you - Guns N'Roses

terça-feira, 30 de novembro de 2010

- Eu me apaixono...

Postado por Babi às 22:10
Reações: 
0 Comente aqui.
explicou ele pegando suas mãos e apertando com força. – De novo e de novo. E todas as vezes tudo acaba de maneira catastrófica.

- Olhe para Mim- Implorou Daniel. – Agora é que fica Difícil.
Luce abriu os Olhos.
- A pessoa por quem me apaixono todas as vezes é você.

Livro: Fallen

domingo, 28 de novembro de 2010

Risque as coisas idiotas que você já fez...

Postado por Babi às 13:10
Reações: 
0 Comente aqui.
1. Fingir que Tic Tac é cápsula de remédio.

2. Apostar corrida com o locutor da tele-sena no comercial falando os números sorteados.
3. Desenhar um relógio no braço.
4. Tampar o ralo do chão do banheiro pra fazer uma piscininha.
5. Comer Trident com papel porque “papel de Trident é comestível”

6. Fazer a proeza de enfiar o dedo no próprio olho sem querer.
7. Ficar entortando aquele lápis verde, e quebrar.
8. Apostar corrida de gotas na janela do carro quando tá chovendo.
9. Sonhar que foi pra aula pelado, ou sem uma parte da roupa.
10. Apagar tudo que estava escrevendo, quando vê que a outra pessoa está digitando alguma coisa no MSN.
11. Tentar equilibrar o interruptor de luz no meio, entre aceso e apagado.
12. Tirar uma nota melhor que o Nerd da sala sem ter estudado.
13. Abrir uma nova guia na internet e esquecer o que ia fazer.
14. Fingir que está fumando aqueles palitinhos salgados “Stiksy” da Elma Chips.
15. Ficar mordendo o copo de plástico depois de beber o que tinha dentro, depois rasgar em várias tiras pra fazer um sol.
16. Deixar sempre o volume do rádio/tv em um número redondo ou múltiplo de 5.
17. Ficar com preguiça de colocar um rolo novo de papel higiênico no lugar e deixar ele solto na pia.
18. Ficar desconfortável quando está assistindo TV ou um filme com os pais e começa uma cena de sexo.
19. Falar mal de alguém para outra pessoa e descobrir que era um parente/amigo dela.
20. Responder algo para alguém que está na sua frente e descobrir que a pessoa não estava falando com você. [vááárias vezes]
21. Tirou o recheio de todas as Trakinas do pacote pra depois comer tudo de uma vez.
22. Esqueci o Twitter aberto por 15 minutos e quando voltei tinha 159 tweets pra ler.
23. Sentir a necessidade de apertar uma tecla sempre que passa perto de um teclado ou piano.
24. Sonhar que está tentando correr e mesmo assim se mover vagarosamente.
25. Desligar o plugin do MSN que mostra a música que você tá ouvindo para ouvir músicas toscas escondido.
26. Gritar “Aeeeee” quando a luz acaba.
27. Quando era pequeno, fingir que estava dormindo quando chegava de carro em casa, pra ser levado no colo pra dentro.
28. Ficar falando coisas obscenas ou besteira quando um amigo está falando com os pais no telefone.
29. Abrir o freezer e ficar feliz ao ver o pote de sorvete, abrir e ver que é feijão congelado.
30. Colocar caixinha vazia de Chiclets Adams/Clorets no dedo indicador.
31. Na hora de digitar a senha errar uma letra e apagar tudo só pra ter certeza.
32. Escrever uma risada gigante no MSN mesmo sem estar rindo.
33. Dar umas 5 chineladas em uma aranha. Ela nunca morre na primeira, começa a se retorcer, e vc tem que acabar logo com o sofrimento.
34. Estar assistindo algo super legal na Tv, e mudar sem querer tentando aumentar o volume
35. Ficar se coçando com uma caneta e só depois de um tempão ver que se riscou inteiro porque a ponta tava pra fora.
36. Falar a mãe do seu amigo, que estava sem fome, mas estava com muita fome.
37. Tentar cortar um pedaço de carne com uma faca ruim, quando finalmente consegue, o pedaço sai voando do prato junto com o arroz.
38. Achar que está ganhando de alguém no videogame até descobrir que a sua tela era a de baixo.
39. Se molhar inteiro quando tenta lavar uma colher.
40. Se olhar no espelho no final do dia/aula e perceber que ficou o dia inteiro com o cabelo zoado, ou com alguma coisa na cara.
41. Querer digitar “!!!!!!!” e aparecer um “1” no meio!!!!!1!!
42. Levar mais tempo procurando o controle remoto do que levaria para simplesmente levantar e ligar direto na TV.
43. Colocar o braço perto da TV só pra ver levantar os pelinhos do braço.
44. Tentar pegar uma coisa que está caindo e derrubar outra.
46. Quando a vida tá muito complicada querer voltar no tempo, quando as únicas preocupações eram ganhar Tazos e acompanhar Pokémon.
47. Quando era pequeno, acordar cedo, pegar um cobertor e ir para a sala assistir desenho
48. Ficar com raiva de si mesmo quando queima a língua.
49. Quando tem alguém concentrado contando alguma coisa, ficar falando números aleatórios, só pra confundir.
50. Quando pequeno, querer ter uma entrada para o quarto igual do Nino do Castelo Rá-Tim-Bum.
51. Achar que a prova/teste foi fácil… até receber a nota.
52. Ter vontade de engolir o Bubbaloo vermelho.
53. Roubar dinheiro no banco imobiliário.
54. Se sentir FODA quando abre o livro na exata página que o(a) professor(a) pediu.
55. Colocar o celular no silencioso quando pedem pra desligar.
56. Contar quantas pessoas têm na sua frente pra saber qual questão você vai ter que responder pro(a) professor(a).
57. Zoar um professor substituto junto com a turma inteira.
58. Fazer uma lista mental de todas as cagadas que você fez nas últimas semanas, quando o pai/mãe fala:”Precisamos ter uma conversa”.
59. Ficar na tensão quando alguém vem e fala: “Preciso falar com você..”
60. Gostar quando acontece uma cagada enorme mas no final tudo fica bem, e você ganha uma história boa pra contar pra todo mundo.
61. Ir dormir Domingo esperando a próxima Sexta-feira ou feriado.
62. Ficar muito feliz quando tem uma pergunta no teste, que dá a resposta para outra.
63. Derrubar gelo no chão e chutar pra de baixo da geladeira, pra não precisar pegar.
64. Antes de ir dormir, contar quantas horas vai ter de sono até ter que acordar


Nossa, como eu sou fuck idiot... hahahaha (:
 
Fonte: Blog da Bubu.

terça-feira, 23 de novembro de 2010

"... mas o Sr. Darcy,

Postado por Babi às 22:20
Reações: 
0 Comente aqui.
o amigo, logo chamou sobre si as atenções do salão pela sua alta e elegante estatura, os traços formosos e o porte desenvolto, correndo célere, cinco minutos após a sua entrada, o rumor de que ele possuia rendimentos no valor de dez mil libras anuais. Os cavalheiros classificaram-no como um belo tipo de homem, as senhoras declararam ser ele bem mais formoso que o Sr. Bingley, e ele foi longamente admirado, até os seus modos deixarem transparecer um enfado que muito afetou a sua popularidade. A partir desse momento consideraram-no um orgulhoso e pedante, longe de se mostrar divertido, e nem as suas extensas prosperidades no Derbyshire o impediram de ter uma expressão sinistra e desagradável e ser indigno de comparação com o amigo.
O Sr. Bingley em breve tinha feito conversa a todas as principais pessoas na sala. Alegre e animado, dançou todas as danças, lamentou o baile terminar tão cedo e falou em ele próprio realizar um em Netherfield. Tais qualidades, só por si, falavam. E que contraste entre ele e o seu amigo! O Sr. Darcy dançou apenas uma vez com a Sra. Hurst e outra com a Menina Bingley, recusou ser apresentado a qualquer outra jovem e passou o resto da noite passeando pelo salão, conversando ocasionalmente com um ou outro do seu grupo. O seu caráter estava definido. Era o homem mais orgulhoso e desagradável do mundo, e todos esperavam que ele não mais voltasse ao seu convívio. Entre as pessoas mais inflamadas contra ele contava-se a Sra. Bennet, cuja antipatia pelo seu comportamento geral se avivara num ressentimento particular por ele ter desdenhado uma das suas filhas."


É difícil encontrar num livro um refúgio no qual podemos nos esconder do mundo real, e muito mais difícil é encontrar um personagem pelo qual podemos nos sentir atraidos, nesse caso em específico, Mr. Darcy é meu sonho de consumo literário. Por mais que possa parecer idiota para algumas pessoas, afinal, quem se apaixona por um personagem de um livro? Na verdade, a pergunta certa seria "como não se apaixonar por Mr. Darcy?"

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Um fim, um começo...

Postado por Babi às 20:04
Reações: 
1 Comente aqui.
Olá pessoas,

o post de hoje é mais que especial por diversos motivos. O ano termina, e junto com ele, nosso ensino médio. A sensação de "e agora?" bate forte a cada dia, meus olhos se enchem de lágrima só de imaginar que a escola já faz parte de um passado - próximo - mas um passado. O que fazer quando encarar uma sala nova com pessoas que você provavelmente nunca viu na vida? Não ter mais aquela segurança de estar no meio de pessoas que você convive a tempos é algo que me deixa insegura.

E agora José? Nosso ano termina e junto com ele, muitos de nós irá seguir um caminho totalmente diferente, longe daqui, longe da nossa turma, longe daquilo que estamos acostumados. Ficar sentado durante horas, prestando atenção em coisas que muitas vezes nos parece desnecessárias, banais, mas que mesmo assim, será algo que lembraremos para sempre


Aquele professor metódico, meio doido às vezes, mas que no fundo é um amor de pessoa e só quer tirar o melhor de nós ( né Rafa?), aquela  professora completamente maluca que responde sempre à altura (né Val?) ou então aquela professora que só quer o nosso bem mas que muitas vezes (sempre) é mal interpretada (né Karen?) ou então aquele professor que está com agente desde o começo e que está sempre presente nos churrascos de turma e nos mostra que professores têm sim vida social ( né Cleyton?) ou então aquele professor que adora fazer piada com a sua cara ( né Bruno?) ou então aquele professor novo, que demorou para ser aceito (né Max?) e aquele professor que nos faz rir com suas piadas sem graça e se preocupa conosco tanto quanto nossos pais (né Della?), aquele professor que tem um prazer gigantesco pelo que faz e nos da inspiração ( né Rodrigo?) ou então aquela professora que tem a mente poluída tanto quanto a minha (né Sandra?) ou então aquela professora que apesar de nova é uma exelente professora (né Mayna?).

São esses pequenos detalhes que vão fazer falta, aquele puxão de orelha, aquela discusão para saber que cor vai ser a  camiseta das olimpíadas, as piadas, as briguinhas, as pérolas...

Sei que alguns vão se mudar, alguns eu nunca mais vou ver, alguns eu vou continuar vendo, mas mesmo assim, quero aproveitar esse post para agradecer. Agradecer por esses anos de convivência, enfim, por tudo.

Amo todos vocês que fizeram parte da minha história.

Mas aguardem, esse é só o começo do resto de nossas vidas.






Obrigada 3ªº B

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Postado por Babi às 23:16
Reações: 
0 Comente aqui.
Olá pessoas,

muitas vezes tenho deixado minha responsabilidade de cuidar do meu tão querido e paciente blog de lado. Eu juro que queria tomar um suco de imaginação para no mínimo escrever poucas palavras com pelo menos algum significado.

Sinto que estou traindo um grande amigo ao me pegar olhando para a página "nova postagem" e não tendo nada a dizer, ou pelo menos, nada que eu consiga escrever.

Fico com um aperto no peito e sinto que a única coisa que não permite que meus pensamentos corroam apenas a mim já não é o suficiente. Acho que o único problema sou eu, sempre foi. Tenho o incrível poder de abandonar as coisas por mais incríveis que sejam.

Vou voltar a escrever, esse é o remédio para minhas tardes vazias em que não tenho ninguém para conversar, consigo falar sozinha com várias pessoas. Acho que amo isso aqui.

Tenho alguns leitores de passagem, a grande maioria é. Mas tenho também leitores fiéis que esperam anciosos para ler a próxima porcaria que eu escrever. Pois é, tem gosto pra tudo.

"Olhe, tenho uma alma muito prolixa e uso poucas palavras.

Sou irritável e firo facilmente.
Também sou muito calmo e perdôo logo.
Não esqueço nunca.
Mas há poucas coisas de que eu me lembre."
Clarice Lispector

Isso foi só mais umas das minhas desculpas para justificar o abandono. Minhas desculpas estão acabando, então preciso criar vergonha na cara e escrever mais.
 
Frase do dia:
A cada bela impressão que causamos, conquistamos um inimigo. Para ser popular é indispensável ser medíocre.

Oscar Wilde


domingo, 14 de novembro de 2010

- Será que estou louco?

Postado por Babi às 00:58
Reações: 
0 Comente aqui.
- Sim. Está pirado! - Posso te contar um segredo?
- Sim.
- As melhores pessoas são assim!
(Alice in Wonderland)

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

In off,

Postado por Babi às 22:51
Reações: 
0 Comente aqui.
ENEM... = EU NEM ESTUDAVA MESMO.

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Luíz Fernando Veríssimo

Postado por Babi às 20:59
Reações: 
0 Comente aqui.
"Senhor, dê-me serenidade para aceitar as coisas que não posso mudar, a coragem para mudar as coisas que não posso aceitar e a sabedoria para esconder os corpos daquelas pessoas que eu tive que matar por estarem me enchendo o saco.
Também, me ajude a ser cuidadoso com os calos em que piso hoje, pois eles podem estar conectados aos sacos que terei que puxar amanhã.
Ajude-me, sempre, a dar 100% no meu trabalho...
- 12% na segunda-feira,
- 23% na terça-feira,
- 40% na quarta-feira,
- 20% na quinta-feira,
- 5% na sexta-feira.
E... Ajude-me sempre a lembrar, quando estiver tendo um dia realmente ruim e todos parecerem estar me enchendo o saco, que são necessários 42 músculos para socar alguém e apenas 4 para estender meu dedo médio e mandá-lo para aquele lugar...
Que assim seja!!!
Viva todos os dias de sua vida como se fosse o último.
Um dia, você acerta."

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

2º turno

Postado por Babi às 21:30
Reações: 
0 Comente aqui.
Olá pessoas,

segundo turno está ai, e dessa vez eu não quero deixar para fazer o post um dia depois das eleições, afinal, eu moro no Brasil e apesar de não ser uma cidadã votante, eu ainda tenho total direito de dar minha opinião.

Para começo de conversa, se pessoas públicas (inclusive o nosso querido Presidente da República, éticazero) podem falar abertamente sobre o voto, porque eu não? Caso eu fosse votar meu voto seria no candidato José Serra por dois simples motivos: primeiro, eu não voto no PT nem se fosse o único partido da Terra (é por isso que existe voto em branco), e em segundo lugar, apesar do Serra não ser "O" exemplo (afinal, na política é mais fácil achar um unicórnio cor-de-rosa), creio que o voto nulo é de uma certa forma concordar e aceitar que outras pessoas escolham o seu futuro por você.

Não, obrigado. Não quero que pessoas sem o mínimo de noção política escolham por mim.

Esses dia eu assiti a uma reportagem em que um morador do Amazonas disso que o único motivo pelo qual não vai votar no Serra é o medo de perder o emprego e o bolsa sei lá o que oferecidos pelo governo atual. E é esse pensamento que muitos brasileiros têm.

Num dia desses, eu estava conversando sobre política com alguns amigos, e um deles disse "vou votar na Dilma, pois o Serra é um paulista burguês", mas esse tal amigo mora em um bairro de luxo, goza do bom e do melhor, estuda em colégio particular, tem plano de saúde... E quando eu perguntei "tá, tudo bem. Mas você já estudou num colégio púbico? Já visitou uma favela? Já precisou ser atendido pelo SUS?" ele desconversou totalmente e ainda soltou outro cúmulo " no antigo governo ninguém tinha notebook, hoje em dia todo mundo tem" tá bom, senta lá Cráudia. Ninguém tinha notebook porque nem existia no Brasil, mas enfim...

O pior de tudo é que essa mentalidade não é exclusividade dele, o que também demonstra que esse tipo de "ignorância" não vem somente dos menos favorecidos.

Eu não sou um exemplo de crítica política, e concordo que o Brasil cresceu no governo Lula, mas isso não significa que ele seja o melhor presidente do mundo (afinal, ele só fez o trabalho dele), e muito menos que a Dilma vá continuar com esse governo.

Não quero me extender muito. VOTE CONSCIENTE.

Beijinhos.

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Postado por Babi às 23:27
Reações: 
0 Comente aqui.
Olá pessoas,

estava eu lendo o Blog da Bubu, quando vi esse questionário, e achei bem legal para vocês poderem me conhecer melhor, pois por mais que eu escreva tudo que eu penso sobre determinados assuntos, nunca fica claro como eu realmente sou. (Leiam o blog da Bubu clicando aqui!)

Nome: Barbara Fontes da Cunha

• Nick: Babi (para todos); Bibi (para meu pai); Pretinha (para minha avó).
• Irmãos: 3
• Signo: Touro
• Descendência: Portuguesa, Espanhola e Austríaca
• Olhos: Castanhos
• Idade: 17

Cite:
• Uma banda: Lifehouse
• Uma pessoa: Minha mãe
• Um sentimento: Alegria
• Um animal: Cachorro
• Um meio de comunicação: Internet
• Um desenho: Pica-Pau
• Um perfume: Rhya
• Uma estação: Inverno
• Uma música: Storm - Lifehouse
• Um objetivo: Passar no vestibular
• Um filme: A verdade nua e crua
• Um ator: Gerard Butler
• Uma atriz: Kate Hudson
• Uma cantora: Celine Dion
• Um cantor: Jason Wade
• Uma flor: Flor de Cera
• Uma roupa: Odeio ficar de roupa, então quanto mais fresquinha melhor. Vestido de preferência.
• Uma arma: Zarabatana (hahaha)
• Um programa de televisão: Madical Detectives
• Um horário: 00:00
• Um verbo: Amar
• Um ídolo: Meus avós
• Um som: da chuva
• Um número: 3
• Uma comida: ostra gratinada 
• Uma letra: R (todas as letras tem pernas, mas o "R" é a única que chuta)
• Um doce: Musse de limão
• Um personagem: Flapjack
• Uma cidade: Londres
• Um amor: Meus livros
• Um Livro: Fallen
• Um passatempo: Deitar na cama e observar o teto 
• Uma marca: não gosto de comprar coisa de marca (sim, é desculpa de pobre)
• Uma matéria: Português• Uma faculdade: UFSC

Escolha:
• Dia/Noite: Noite
• Amor/Paixão: Amor
• Por/Nascer do sol: Por do sol
• Verdade/Desafio: Verdade
• Piscina/Oceano: Piscina
• Bolo/Torta: Torta
• Praia/Campo: Campo
• Cego/surdo: Surdo

Nas últimas 96 horas (4 dias):
• Chorou? Sim
• Escreveu uma carta? Não
• Falou com o seu amor? Sim
• Sentiu-se estúpido? Sim
• Teve uma conversa séria? Sim
• Viu alguém que não via há muito tempo? Não
• Conheceu alguém? Não
• Sentiu falta de alguém? Sim
• Apaixonou-se? Não
• Fez alguém chorar? Não

Você se acha:
• Um bom ouvinte? Sim
• Uma boa companhia? Sim
• Uma pessoa feliz? Sim
• Bonito? Não
• Um bom amigo? Sim
• Um bom conselheiro? Acho que sim

Você acredita:
• Em você? Sim
• Em seus amigos? Alguns
• Teoria Big-Bang? Sim... pelo menos é melhor do que a teoria criacionista, né?
• Espíritos? Sim
• No verdadeiro amor? Tenho esperança. Sabe como é né, esperança e sogra são as últimas que morrem.
• Na verdadeira amizade? Sim
• Em Adão e Eva? Huum... não.
• Em mágica? Sim
• Em amor a primeira vista? Sim

Bolinhas Aleatórias:
• Já pensou que fosse morrer? O tempo todo
• Se apaixonou por algum professor? Sim
• Se declarou? Sim
• Guardou um segredo? Sim
• Sente saudades do que? De quando matemática só tinha números
• O que costuma tomar café da manhã? Só tomo café
• O que tem nas paredes do seu quarto? Poster, quadro do meu anjo da guarda e meu cronograma de estudo
• Você coleciona alguma coisa? Camisinha (hahaha, não é mentira)
• Uma música que marcou sua vida? Dança da Manivela
• Uma música que você está vivendo? Storm - Lifehouse
• Que tipo de filme você curte? Comédia romântica e Suspense. Eu até colocaria Terror aqui, mas ultimamente os filmes de terror parecem mais é comédia trash.
• Qual seu ponto fraco? Não saber me expressar às vezes.
• Você toca algum instrumento? instrumento não. ;x
• Se você fosse numa festa à fantasia hoje, do que você gostaria de ir vestido? Vaca. Já tenho até a fantasia.
• A primeira palavra que vier a sua cabeça:  pneumoultramicroscopicossilicovulcanoconiótico

Espero que tenham gostado, e que tenham me conhecido um pouco mais.

Beijinhos e até mais.

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Do you know why,

Postado por Babi às 23:09
Reações: 
0 Comente aqui.

domingo, 10 de outubro de 2010

Como fica o seu nome?

Postado por Babi às 10:19
Reações: 
1 Comente aqui.
Olá pessoas,

estava eu vegetando na internet, quando me deparei com isso: http://28.media.tumblr.com/tumblr_l7kkue8WlX1qbom07o1_400.jpg e resolvi fazer.

B - você gosta de pessoas
A - você gosta de beber
R - se apaixona facilmente
B - você gosta de pessoas
A - você gosta de beber
R - se apaixona facilmente
A - você gosta de beber

Como vocês perceberam, meu nome tem repetição de letras, ou seja, ficou muito chato esse bagulho. Vou fazer com o meu apelido:

B - você gosta de pessoas
A - você gosta de beber
B - você gosta de pessoas
I -  você é ótima na cama - realmente isso é verdade, tenho até uma camiseta com essa frase escrita. Quando eu estou na cama, posso dormir por dias.

Agora, é a sua vez. Faça e me deixe o resultado como comentário no post.

Beijinhos.

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Experiências

Postado por Babi às 14:40
Reações: 
0 Comente aqui.
Olá pessoas,

quando tempo heim! Ao ler o título, aposto que deve ter passado dentro dessa sua cabecinha doentia que eu iria falar sobre experiência sexuais hoje, né? É sim que eu sei. Mas para a sua tristeza, não é isso.

Vou falar sobre como é incrível a capacidade que todos os pais (ou praticamente todos) tem de nos privar de fazer coisas, pelo simples fato deles já terem as feito quando tinham nossa idade. Mano, na boa. Vai plantar bananeira no morro fazendo malabares.

Meus pais adoram fazer isso. "Não, você não vai porque eu já fui e me arrependi" tá, legal. Falou bem, VOCÊ FOI  e VOCÊ NÃO GOSTOU. Isso não tem nada a ver comigo.

Outro coisa que é de cair o cu da bunda, é o fato de eu poder ir só quando meu irmão também vai. Sério, irmão gêmio pode até ser legal, mas esse é um ponto muito negativo. Quando não tem dinheiro pra um também não tem pro outro. Tudo que se faz tem que ser em dobro. Tá cara, quando eu for lá fazer o "oba-oba" meu irmão vai ter que ir junto? Faça-me um favor.

Estou "puta revoltz"... vou lá xingar no twitter e já volto.

Mudando um pouco de assunto: no último dia 3, aconteceu a eleição para presidente, governador, senadores e deputados. Eu ia fazer um post no dia, mas acabei esquecendo.

Eu não votei pois quero adiar ao máximo meu "dever/direito" de votar. O problema de se viver numa "DEMOcracia" é que o que foi escolhido pela maioria, pode não ser o que você escolheu para si. E isso pode deixar algumas pessoas um tanto quanto revoltadas (oi?!). 

Eu sou uma das pessoas que não tem muita visão política, e por mais que seja importante ter esse interesse, prefiro me manter distante desse tipo de discução, pois dentre o "sujo" e o "mal lavado" prefiro me manter limpa. Então, só vou tirar meu título de eleitor quando eu for realmente obrigada a fazê-lo.

Por mais que eu não queira me meter nesse negocio de política, tenho minha preferência para a presidência, e quanto à decisão aqui no estado, acho que trocaram 6 por meia dúzia. Sem mais a declarar.


Beijinhos.

Música de hoje:
Como os nossos pais - Elis Regina.

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

IN OFF,

Postado por Babi às 07:40
Reações: 
0 Comente aqui.
BETO  CARRERO WORLD.

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Querida Holly,

Postado por Babi às 14:51
Reações: 
1 Comente aqui.
Eu não tenho muito tempo, não digo literalmente é que você foi comprar sorvete e vai voltar logo! Mas tenho a impressão de que é a última carta porque só resta uma coisa pra dizer, não é para se lembrar sempre de mim ou comprar um abajur, você pode se cuidar sem a minha ajuda, é para dizer como você mexeu comigo, como você me ajudou me amando, você fez de mim um homem, Holly, e por isso eu sou eternamente grato, literalmente. Se pode me prometer alguma coisa, prometa que sempre que se sentir triste ou insegura ou perder completamente a fé vai tentar olhar para si mesma com meus olhos. Obrigado pela honra de ter você como esposa, eu não tenho o que lamentar, tive muita sorte. Você foi a minha vida Holly, mas eu sou apenas um capítulo da sua, haverá mais eu prometo portanto aqui vai o meu grande conselho: não tenha medo de se apaixonar de novo, fique atenta àquele sinal de que não haverá mais nada igual.

P.S. Eu sempre vou te amar.

Para quem reparou, essa é a última carta que o Gerry escreveu para a Holly no filme "P.S. EU TE AMO", um filme lindíssimo que me faz chorar feito uma criança que teve seu pirulito roubado.
E para quem reparou², os últimos três post's foram sobre amor ou algo parecido. Eu realmente não faço a mínima idéia do motivo, só sei que ultimamente tenho pensado mais sobre esse assunto, então deve ser por isso. Não sei.


Enfim, esse post, em especial, era para postar essa carta que na minha humilde opinião, é uma das (se não "a") partes mais lindas do filme.


Beijinhos.


Música de hoje:


Angel - Jack Johnson

sábado, 25 de setembro de 2010

Clarice²

Postado por Babi às 14:30
Reações: 
0 Comente aqui.
Olá pessoas,

na falta de palavras melhores, vou deixar que a Clarice fale por mim. (Sim, denovo. Não reclama)

"Já escondi um AMOR com medo de perdê-lo, já perdi um AMOR por escondê-lo.

Já segurei nas mãos de alguém por medo, já tive tanto medo, ao ponto de nem sentir minhas mãos.
Já expulsei pessoas que amava de minha vida, já me arrependi por isso.
Já passei noites chorando até pegar no sono, já fui dormir tão feliz, ao ponto de nem conseguir fechar os olhos.
Já acreditei em amores perfeitos, já descobri que eles não existem.
Já amei pessoas que me decepcionaram, já decepcionei pessoas que me amaram.
Já passei horas na frente do espelho tentando descobrir quem sou, já tive tanta certeza de mim, ao ponto de querer sumir.
Já menti e me arrependi depois, já falei a verdade e também me arrependi.
Já fingi não dar importância às pessoas que amava, para mais tarde chorar quieta em meu canto.
Já sorri chorando lágrimas de tristeza, já chorei de tanto rir.
Já acreditei em pessoas que não valiam a pena, já deixei de acreditar nas que realmente valiam.
Já tive crises de riso quando não podia.
Já quebrei pratos, copos e vasos, de raiva.
Já senti muita falta de alguém, mas nunca lhe disse.
Já gritei quando deveria calar, já calei quando deveria gritar.
Muitas vezes deixei de falar o que penso para agradar uns, outras vezes falei o que não pensava para magoar outros.
Já fingi ser o que não sou para agradar uns, já fingi ser o que não sou para desagradar outros.
Já contei piadas e mais piadas sem graça, apenas para ver um amigo feliz.
Já inventei histórias com final feliz para dar esperança a quem precisava.
Já sonhei demais, ao ponto de confundir com a realidade... Já tive medo do escuro, hoje no escuro "me acho, me agacho, fico ali".
Já cai inúmeras vezes achando que não iria me reerguer, já me reergui inúmeras vezes achando que não cairia mais.
Já liguei para quem não queria apenas para não ligar para quem realmente queria.
Já corri atrás de um carro, por ele levar embora, quem eu amava.
Já chamei pela mamãe no meio da noite fugindo de um pesadelo. Mas ela não apareceu e foi um pesadelo maior ainda.
Já chamei pessoas próximas de "amigo" e descobri que não eram... Algumas pessoas nunca precisei chamar de nada e sempre foram e serão especiais para mim.
Não me dêem fórmulas certas, porque eu não espero acertar sempre.
Não me mostre o que esperam de mim, porque vou seguir meu coração!
Não me façam ser o que não sou, não me convidem a ser igual, porque sinceramente sou diferente!
Não sei amar pela metade, não sei viver de mentiras, não sei voar com os pés no chão.
Sou sempre eu mesma, mas com certeza não serei a mesma pra SEMPRE!
Gosto dos venenos mais lentos, das bebidas mais amargas, das drogas mais poderosas, das idéias mais insanas, dos pensamentos mais complexos, dos sentimentos mais fortes.
Tenho um apetite voraz e os delírios mais loucos.
Você pode até me empurrar de um penhasco q eu vou dizer:
- E daí? EU ADORO VOAR"
Clarice Lispector.

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Há Momentos

Postado por Babi às 22:44
Reações: 
0 Comente aqui.
"Há momentos na vida em que sentimos tanto
a falta de alguém que o que mais queremos
é tirar esta pessoa de nossos sonhos
e abraçá-la.


Sonhe com aquilo que você quiser.
Seja o que você quer ser,
porque você possui apenas uma vida
e nela só se tem uma chance
de fazer aquilo que se quer.


Tenha felicidade bastante para fazê-la doce.
Dificuldades para fazê-la forte.
Tristeza para fazê-la humana.
E esperança suficiente para fazê-la feliz.


As pessoas mais felizes
não têm as melhores coisas.
Elas sabem fazer o melhor
das oportunidades que aparecem
em seus caminhos.

A felicidade aparece para aqueles que choram.
Para aqueles que se machucam.
Para aqueles que buscam e tentam sempre.
E para aqueles que reconhecem
a importância das pessoas que passam por suas vidas.


O futuro mais brilhante
é baseado num passado intensamente vivido.
Você só terá sucesso na vida
quando perdoar os erros
e as decepções do passado.


A vida é curta, mas as emoções que podemos deixar
duram uma eternidade.
A vida não é de se brincar
porque um belo dia se morre."
Clarice Lispector

Música de Hoje:

Nothing but a song - Tiago Iorc

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

S.E.X

Postado por Babi às 19:52
Reações: 
0 Comente aqui.
Olá pessoas,

hoje resolvi falar do meu assunto favorito - sexo. Não que eu seja algum tipo de ninfomaníaca ou algo do tipo. Eu apenas gosto de debater sobre o assunto.

Antigamente, a sexualidade era tratada como um tabu e comentar sobre o assunto era tão pecado quanto falar no diabo dentro de uma igreja. Filhos não podiam debater sobre o assunto com os pais, pois era algo estritamente proibido.

Já hoje, tomamos muito mais liberdade para nos informar e discutir sobre o assunto tanto em casa como na escola.

Mas é claro que com toda essa "liberdade", o sexo, que antes era algo feito com amor (claro que não vamos generalizar... não quero extender muito), hoje virou algo banal. Menininhas de 12 anos, que na minha época (olha a velha falando) brincavam de boneca, hoje fazem sexo. Não que seja algo extremamente anormal, já que em épocas passadas meninas de 14 e 15 anos já eram casadas e geralmente já com filhos. Mas para os "padrões" sociais de hoje em dia, esse fato é um absurdo.

"Não é uma palavra suja, nunca vou dizer isso primeiro
Não é simplesmente o pensamento que nunca passa pela minha mente
Talvez em um estacionamento seja melhor trazer seu amigo junto
Melhor juntos do que só um de cada vez.

S é pela simples necessidade
E é pelo êxtase
X é só para marcar o local porque isso é o que você quer de verdade.

Sim, sexo é sempre a resposta
Nunca uma questão
Porque a resposta é sim ou a resposta é sim
Não é só uma sugestão, se você faz a pergunta,
Então é sempre sim, sim!"

Essa é uma pequena parte da música "S.E.X." do Nickelback.

Na minha humilde opinião, falar sobre sexo deveria ser tão fácil e comum como falar de comida ( hahaha ;D ). Somos seres humanos e assim como tantos outros animais, fazemos sexo. Só que ao contrário dos outros, o sexo não serve apenas para reprodução e sim por puro prazer.

É claro que ninguém vai ser tão "doente" a ponto de falar apenas desse assunto, mas alguns pensamentos maliciosos às vezes, não faz mal nenhum. Pelo contrário.

Aiai... 

Então gente, esse post não ficou bom, e peço desculpas por isso, mas ando tão ocupada com escola e vestibular que mal tenho tempo de escrever no Blog. Então esse post foi apenas para não deixar aqui criando teias de aranha.

Beijinhos,

Música de hoje:

S.E.X. - Nickelback

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Oh, Willian

Postado por Babi às 11:12
Reações: 
1 Comente aqui.
Eu aprendi...

...que ignorar os fatos não os altera;


Eu aprendi...
...que quando você planeja se nivelar com alguém, apenas esta permitindo que essa pessoa continue a magoar você;


Eu aprendi...
...que o AMOR, e não o TEMPO, é que cura todas as feridas;


Eu aprendi...
...que ninguém é perfeito até que você se apaixone por essa pessoa;


Eu aprendi...
...que a vida é dura, mas eu sou mais ainda;


Eu aprendi...
...que as oportunidades nunca são perdidas; alguém vai aproveitar as que você perdeu.


Eu aprendi...
...que quando o ancoradouro se torna amargo a felicidade vai aportar em outro lugar;


Eu aprendi...
...que não posso escolher como me sinto, mas posso escolher o que fazer a respeito;


Eu aprendi...
...que todos querem viver no topo da montanha, mas toda felicidade e crescimento ocorre quando você esta escalando-a;


Eu aprendi...
...que quanto menos tempo tenho, mais coisas consigo fazer.


(Boa noite , Amor )


William Shakespeare
 

Esse é o MEU conto de fadas. Copyright © 2010 Designed by Ipietoon Blogger Template Sponsored by Emocutez