segunda-feira, 26 de julho de 2010

Sylvester Stallone.

Postado por Babi às 13:00
Reações: 
0 Comente aqui.
Olá pessoas,

hoje vim falar de um assunto que ainda está no auge e eu ainda nem comentei aqui: Sylvester Stallone.

Para quem viu (acho que todo mundo ficou sabendo, né), o nosso "querido" Rambo fez um comentário na Comic Con de San Diego um tanto quanto idiota sobre o Brasil, o que causou uma ira tremenda por parte dos brasileiros que se sentiram extremamente ofendidos com a situação.

Dito isso, vou colocar aqui minha humilde opinião, pouco me importando com o que as pessoas podem vir a comentar.

As pessoas, mais especificamente  os brasileiros, fizeram uma algazarra, chingaram muito no twitter,fizeram a corrente "cala a boca Sylvester Stallone", enfim, estão muito putos da vida com toda a situação. 

A frase foi a seguinte "Filmamos no Brasil porque lá você pode machucar as pessoas enquanto filma", disse o ator. "Você pode explodir o país inteiro e eles ainda dizem para você, 'obrigado e tome aqui um macacaco para você levar para casa'". 

Claro que foi de extremo mau gosto, foi desnecessário, mas vocês realmente acham que só ele pensa assim? Os próprios brasileiros fazem esse tipo de comentário. O que vocês esperam que as pessoas pensem de nós, se quando acontece uma amostra cultural em outros países, o que representa o Brasil são mulheres semi-nuas sambando? 

Claro que um estrangeiro famoso falando, tem muito mais impacto do que um simples mortal falando. Mas se vocês estão lembrados, não num passado muito distante, nosso querido presidente declarou Pelotas é a cidade pólo, né? Exportadora de viados, né?” 

Tá, realmente é um pouco diferente, mas para um povo que só se diz patriota em época de copa do mundo e quando arruma algum dinheiro vai morar nos "Estates", acho que o comentário não deveria ter ofendido tanto.

Faz favor né? Realiza. Aposto que as sessões de cinema do lançamento do filme "Os Mercenários" vão estar lotadas, pois os brasileiros sofrem de uma amnésia terrível.

Enfim, não sou a fovor de nada que ele falou, mas também não sou a favor da crucificação da criatura.

Gostou?! Beleza. Não gostou?! Dane-se.

Beijinhos.

Música de hoje:
Não tem, estou num notebook que não é meu, e mais parece um dinossauro. Nem música tem.

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Viva Joss Stone

Postado por Babi às 18:39
Reações: 
0 Comente aqui.
Olá pessoas,

estava eu em um momento em tranto quanto deprê, quando eu resolvi colocar para tocar minha querida Joss Stone. E cara, eu amo aquela mulher (momento lésbico, medo!), não no sentido colação de velcro (nada contra), é no sentido de adoração. 

Enfim, a primeira música que tocou foi Right To Be Wrong, que expressa exatamente meus sentimentos atuais e tudo que eu gostaria de escrever no post de hoje.

Nada mais justo do que calar a minha boca e deixar a Joss falar,ou melhor, cantar por mim.

I've got a right to be wrong

My mistakes will make me strong
I'm stepping out into the great unknown
I'm feeling wings though I've never flown
I've got a mind of my own
I'm flesh and blood to the bone
I'm not made of stone
Got a right to be wrong
So just leave me alone


I've got a right to be wrong
I've been held down too long
I've got to break free
So I can finally breathe
I've got a right to be wrong
Got to sing my own song
I might be singing out of key
But it sure feels good to me
Got a right to be wrong
So just leave me alone


You're entitled to your opinion
But it's really my decision
I can't turn back I'm on a mission
If you care don't you dare blur my vision
Let me be all that I can be
Don't smother me with negativity
Whatever's out there waiting for me
I'm going to faced it willingly

I've got a right to be wrong
My mistakes will make me strong
I'm stepping out into the great unknown
I'm feeling wings though I've never flown
I've got a mind of my own
Flesh and blood to the bone
See, I'm not made of stone
I've got a right to be wrong
So just leave me alone

I've got a right to be wrong
I've been held down to long
I've got to break free
So I can finally breathe
I've got a right to be wrong
Got to sing my own song
I might be singing out of key
But it sure feels good to me
I've got a right to be wrong
So just leave me alone


Procure a tradução no google okay?



Beijinhos.

Música de hoje:
Nem preciso falar né?

terça-feira, 20 de julho de 2010

Assisti Shrek 4 3D

Postado por Babi às 14:37
Reações: 
0 Comente aqui.
Olá pessoas,

Ontem eu fui ao cinema assistir Shrek 4 em 3D. Amei demais o filme, genial.
E claro, como já era esperado, não fiquei surpresa ao sair do cinema com a maior cara de choro, sem contar que aconteceu a pior catastrofe do mundo. Quebrei a unha do dedão. Agora, não me pergunte como, só sei que quebrei e fiquei muito triste com isso.

Mudando desse assunto, voltemos ao assunto do choro no filme. Se você que me ver chorar como um bebezão, é só colocar qualquer filme da Disney em uma televisão e me colocar amarrada numa cadeira, que você vai conseguir fazer a melhor tortura em mim. Então, você que me odeia, fica a dica!

Estou sem a maior vontade de escrever hoje, então este post foi só para contar que enfim eu fui assistir Shrek. Próximo filme Toy Store 3. Já até preparei os lencinhos.

Beijinhos.

Música de hoje:
All Star - Smash Mouth

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Sem sono

Postado por Babi às 00:36
Reações: 
0 Comente aqui.
Oi gente,

estou sem sono nenhum, o que é uma novidade já que normalmente a esse horário eu já estaria no quinto sono, no auge do descanço.

Bom, como quando eu estou com insônia eu fico morrendo de vontade de conversar, e já que não tem nenhuma alma com quem eu possa conversar nesse exato momento(bom, espero que não tenha mesmo - fiquei com medo agora), resolvi fazer um post.

Tá, não espere que seja o melhor post do mundo, porque não vai ser. Meu cérebro devia estar se preparando para descançar, mas eu não estou sentindo nem o mínimo de sono. Não quero nem imaginar como eu vou estar amanhã - mal humorada, chata pra caramba, enfim, provavelmente vou aparecer "suicidada", então se eu não vier postar mais, vocês já sabem que é porque eu acertei minha previsão atrológica.

Então, eu estava bisbilhotando a comunidade no orkut da minha turma, e achei uma fotinho muito legal, muito fofa mesmo. Acho que vocês vão gostar.

Ai vai:



Cara, eu amei essa imagem, sério, paguei um pau legal agora. Olha que coisa mais meiga.

Acho que já intediei demais vocês, vou lá bater um papo comigo mesma enquanto eu não pego no sono. Espera ai, isso me deu uma ótima idéia de enquete para o blog. O que você faz quando está com insônia?

Vou colocar a enquete ali do ladinho direito, votem.

 Beijinhos.

Música de hoje:

Tik-tok - Kesha

sábado, 17 de julho de 2010

Cúmulo

Postado por Babi às 15:00
Reações: 
0 Comente aqui.
Alguém ai sabe o cúmulo do anticivismo (sim, segundo a nova regra gramatical a palavra anticivismo não tem mais hífen)?


Ai está a barbaridade:



Beijinhos.

Música de hoje:

We are the world - Michael Jackson

terça-feira, 13 de julho de 2010

Matar aula + eu =

Postado por Babi às 18:48
Reações: 
0 Comente aqui.
Sexta-feira:

Sua mãe vai até a porta do seu quarto, e ao ouvir uma certa movimentação, resolve encostar a orelha na porta, e ouve:
- Ai Jesuuuuus! Eu te amo!
Ela, no ponto máximo de sua ingenuidade pensa:
- Nossa, minha filha virou uma devota super religiosa. Graças ao meu bom Deus!

Domingo a tarde, churrasco de família, você vai até sua mãe apresentar seu novo namorado:
- Olha mãe, esse é meu namorado. Jesus, essa é minha mãe.
- Dae tia!


Pois é, isso que dá matar aula de Ed. Física.

Beijinhos.

Post em homenagem à Bru, Mahê, Gabi e Catha. Que estavam presentes (e estão sempre presentes) quando eu refleti sobre isso ai hahaha. Não me perguntem o por que dessa reflexão, só sei que eu pensei nisso. Novidade.

Música:

Noche de Sexo - Wisin & Yandel

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Sem títulos hoje

Postado por Babi às 20:59
Reações: 
0 Comente aqui.
Hoje eu preciso escrever. Por pior que fique o post, eu preciso desabafar.

Estou a dois dias inteiros trancafiada em meu quarto. Se isso fosse um vlog, vocês veriam minha cara de acabada, sem maquiagem, cabelo em estado deplorável e esmalte descascando. Sim, estou em depressão. Sim, de novo.

Só que dessa vez tem um motivo. Estou sem o pilar que deveria sustentar toda a minha estrutura, sou uma estranha dentro da minha própria casa. Estou triste e a ponto de explodir com qualquer um que tentar me tirar um poquinho do sério. Espero não explodir com quem não mereça. Se eu fizer isso, por favor me perdoa, já estou me desculpando antes mesmo de acontecer alguma coisa para não dizerem que eu não avisei.

Sabe quando você se sente a ovelha negra feia e gorda no meio de um monte de ovelhinhas branquinhas e felizes? É assim que eu estou me sentindo agora.

Eu tenho que admitir, me abrir, isso aqui é a única coisa que me mantem bem, escrever me mantem sã. Tenho 17 anos, muitas coisas para pensar: vestibular, passar de ano, último ano fazendo aquilo que eu estou acustumada a fazer (estudar), carreira, e como se isso já não fosse motivo o bastante minha família me trata como lixo. E o pior de tudo é que eu estou começando a achar isso também. Estou me achando um lixo.

"Mas Babi, você parece tão feliz na escola!" Pois é, a vida me ensinou a ser falsa e dissimulada. Não uso esse dom para o mal, não. Uso para previnir as pessoas dos sentimentos que tomam conta de mim todos os dias quando chego em casa e me vejo sozinha, rodiada de pessoas.

O pior de tudo isso é que quando as pessoas me xingam achando que vão me ofender, esquecem que eu tenho espelho em casa. Ou vocês acham que eu não sei que eu sou um monstro de gorda. Vocês realmente acham quem eu sou feliz assim, acham que eu sou tão boba alegre a esse ponto? Acham que eu salto de alegria todas as vezes que vejo as calças jeans cada vez menores em minhas coxas siamesas? Não sou tão idiota assim.

Por favor, não me trate como idiota ou como ovelha negra. Eu sei o que eu sou. Sou alguém que vive pra escrever, mesmo que fique uma merda, mas é assim que eu sou, é para isso que eu vivo e é isso que me deixa mais feliz nos dias de depressão quando nem mesmo a minha familia fica do meu lado.

Beijinhos e espero não ter deprimido vocês. :D

Música de hoje:

Closer to the Edge - 30 seconds to Mars.

sábado, 10 de julho de 2010

Reflexão

Postado por Babi às 14:30
Reações: 
0 Comente aqui.
Oi gente,

me desculpem por não ter vindo postar antes. É que eu estava ocupada com outras coisinhas que não poderiam ficar para depois (não que o blog possa).

Então, como vocês já devem ter deduzido pelo título, eu andei refletindo sobre várias coisas, entre elas está o sentido da vida, e é sobre isso que vou falar/escrever hoje.

Estava eu no ônibus voltando para casa, quando eu começei a "examinar" as pessoas(sim, é um passatempo esquisito, mas o que mais viria de uma pessoa esquisita como eu?!). Eram umas 19:30, a maioria das pessoas voltavam de seus empregos de no máximo 2 salários mínimos - começei a reparar no rosto dessas pessoas, a maioria deles me transmitiu cansaço após 10 hrs de trabalho.

Começei a pensar: qual é o sentido de tudo isso?
Porque matamos e morremos para ter o corpo perfeito, para sermos bem sucedidos, para sermos melhores do que os outros, porque temos preconceito, temores, se todos nós acabaremos da mesma maneira?

Porque nós não fazemos de nossa vida mais simples e sem medo de nada, porque não damos o louca e saimos por ai saltando de paraquedas e bungee jumping, porque não comemos aquela barra de chocolate, aquela pizza de calabreza sem nos preocupar em queimar as calorias na academia. Porque nos preocupamos com carreira e vestibular aos 17 anos, quando nós nem mesmo sabemos o que é viver?
A vida é curta demais para nos preocuparmos com tantas coisas.

O problema é que ao jogar tudo para o alto, nós corremos o risco de perder todo o nosso tempo e acabar como algumas pessoas - ganhando mal e voltando para casa de ônibus às 19:30 - sim, a vida é difícil para praticamente todos os seres (não só humanos), a sociedade nos impõe regras e estereótipos, e querendo os não, não podemos ser muito diferentes disso,  senão estaremos sujeitos à julgamento. Somos todos como uma vitrine de loja, o qual todos observam o tempo todo.

Temos que nos acostumar com a idéia de que teremos que tomar a decisão da nossa vida antes mesmo de completar 20 anos.

Música de hoje:

Sad but true - Metallica.

domingo, 4 de julho de 2010

Quanto mais eu rezo...

Postado por Babi às 13:22
Reações: 
0 Comente aqui.
mais coisa tosca eu encontro.

Eu tenho uma "sorte" enorme de toda a vez que estou na internet ver pelo menos 2 notícias que eu preferiria não ter lido, e hoje não foi diferente.
Estava eu linda e loira lendo alguns tweets, quando eu tive desprazer de ler o seguinte tweet: "Justin Bieber acha salto alto lindo. Uma vez, ele usou um de sua mãe e quebrou o salto." a tá. 

O que leva um "menino" a usar salto alto?! Ai vem aquelas fãs dizendo "não fala assim dele, ele não é gay, ele é lindo" ta bom, vai nessa. Ele usar aquelas calças esmaga saco e jaquetinha não faz dele gay (ou faz, vai saber?!), mas usar salto alto da mãe dele já é outra história. Um garoto que com 16 anos tem a voz fina daquele jeito no mínimo não produz testosterona.
"Reza a lenda que meninos cantores de coral no tempo do "êpa", tinham os testiculos cortados, isso dava uma voz fina e angelical ao garoto..." interprete como quiser. Ou não.

Post meio sem sentido e inútil, mas foi feito só por causa desse tweet ridículo (e dando continuação ao meu post em que eu falei sobre bandinhas coloridas - incluindo Justin Bieber - para ver o post clique aqui )

Beijinhos.

Música de hoje:

Just Breath - Pearl Jam

sábado, 3 de julho de 2010

Extremos

Postado por Babi às 21:57
Reações: 
0 Comente aqui.
Não, não é aquela série que passa no multishow. Achei adequado colocar esse título porque em dois dias tivemos os extremos de dois sentimentos, tristeza e felicidade.

Vuvuzela R$ 2,50 no camelô;
Tinta guache R$ 3,50 no 1,99 mais próxímo de você;
Ver a Argentina perder de 4x0 não tem preço.

Fiquei muito triste e desapontada (o bom do Grafite ter ido pra copa é que pelo menos ele foi o único - tirando o Lúcio e o Robinho - que não desapontou... trocadilho) com o jogo do Brasil, os jogadores perderam totalmente o controle emocional no segundo tempo, fiquei muito triste, mesmo (xinguei muito no twitter). Mas posso dizer que foi revigorante ver a Argentina tomar de 4 da Alemanha, te amo técnico catetinho! Caso você ainda não saiba o porque de técnico catetinho, veja o video abaixo:



Então, voltando ao assunto: fiquei bem feliz com a eliminação da Argentina, além da minha filosofia de que "se o Brasil não for campeão, que pelo menos a Argentina também não seja" outro ponto de extrema importância, mais importante até do que qualquer coisa que eu já tenha escrito nesse post: não vamos ter que ver o Maradona pelado, o que seria um atentado ao pudor e à nossa sanidade psicológica.

Concluindo: agora vou torcer pela Alemanha.

Beijos.

Música de hoje:

Sad but true - Metallica.

quinta-feira, 1 de julho de 2010

Prova, prova e mais prova... o pior de tudo que esse é só o começo

Postado por Babi às 16:46
Reações: 
0 Comente aqui.
Então gente, hoje eu estava com uma diarréia mental terrível e enquanto eu não viesse aqui fazer um post e mudar o "visu" do blog (sim, de novo) eu não ia conseguir sossegar.

Então, deixa eu começar pelo começo (rainha do pleonasmo), como vocês sabem (ou não, vai saber) eu fiz um simulado via internet da UFSC estilo ENEM e me saí relativamente bem. De 30 questões acertei 18, tá, foi ruim, mas a maioria dos meus amigos e colegas acertaram em média de 10 a 12 questões, então, como eu disse, me saí relativamente bem. Quando eu me inscrevi achei que seriam 30 questões de cada matéria e quando eu vi que a prova teria que ser realizada em no máximo uma hora e meia, eu apavorei. 

Como a prova era pela inernet, as questões vinham em ordem aleatória, tipo, da 1 pulava para a 24. Tinha que ver a minha cara quando eu olhei o cronômetro (sim, tinha um cronômetro para me deixar ainda mais estressada) e vi que faltavam 40 minutos para acabar o tempo e eu não fazia idéia de quantas questões faltavam, daí uns 3 minutos apareceu "fim de prova, copie seu gabarito e aguarde a liberação do gabarito oficial" WTF MF?! Fiquei nervosa por nada. Eram 30 questões no total, não 30 de cada matéria. dããr ¬¬"

HABBAH HABBAH (aquele som estranho que a Lady Gaga emite no clipe "video phone").

Ah, hoje eu quase coloquei os bofes pra fora de tanto rir quando os meninos (amiguinhos) ficaram tirando onda com a cara de uns híbridos de emo+restart. MÓDERFÓQUI. Ninguém merece essas coisas, pelo menos fizeram meu dia mais feliz depois de uma prova de matemática de cair o cu da bunda.

HEVE A NICE DAY PEOPLES (UIII, PENSEI EM INGLÊS)

Música de hoje:


Video Phone - Beyonce ft. Lady Gaga (em homenagem ao seu som escroto HABBAH HABBAH)
 

Esse é o MEU conto de fadas. Copyright © 2010 Designed by Ipietoon Blogger Template Sponsored by Emocutez