sábado, 5 de março de 2011

Mesmices

Postado por Babi às 15:01
Reações: 
Um novo dia mas sempre a mesma rotina.
Levanto-me aos tropeços e meio cambaleante arrumo meu cabelo, com preguiça demais para penteá-los, desambaraço-os com os dedos. Coloco algo que seja confortável o bastante e tomo meu café da manhã. No ônibus, que pego às pressas, vejo os mesmo rostos já conhecidos. As mesmas manias, as mesmas maneiras de se vestir, as mesmas pessoas e aquele mesmo jovem casal que me deixa com inveja por não ter quem me dê um ombro para que eu possa dar uma leve cochilada.


Com os olhos ainda ofuscados pelo sol matutino e pelo leve sono que ainda me possui, consigo avistar aquele mesmo ponto de ônibus, com aquela mesma propaganda que já está desbotada pelo tempo.
Desço do ônibus meio desajeitada, e avisto aquelas mesmas pessoas naquele mesmo barzinho de madeira tomando seu café da manhã. Desejo me juntar a eles, afinal, parecem tão alegres discutindo o resultado do jogo do dia anterior. Chego até aquele mesmo portão de ferro, onde aquele mesmo homem varre delicadamente a calçada com aquela mesma vassoura velha, enquando aquelas mesmas crianças chegam para mais um dia de aula.


Algumas chorando, e outras pulando felizes comprimentando os coleguinhas. O que me faz lembrar da minha infância, quando era eu quem chorava por estar sendo deixada pelos meus pais.
Mais uns minutos se passam e vou até a sala, onde espero ansiosamente a chegada daquela mesma pessoa, que me deixa com aquele mesmo frio na barriga. Ele chega. Mais do que nunca desejo que ele sente ao meu lado. Mas não. Ele senta na mesma cadeira costumeira, exatamente na minha frente. Fico feliz, pelo menos posso olhá-lo. Vez ou outra ele olha pra trás e eu lhe dou um sorriso amarelo. A aula acaba e eu me vou até aquele mesmo ponto de ônibus, com aquelas mesmas pessoas que apressadas buscam espaço para poder voltar para casa. E eu, entro naquele mesmo ônibus, com aquele mesmo cobrador rabugento que com um olhar carrancudo me deseja um bom dia.


Bom dia? Não, eu só quero voltar para casa e acabar logo com essas mesmices.

0 Comente aqui.:

Postar um comentário

 

Esse é o MEU conto de fadas. Copyright © 2010 Designed by Ipietoon Blogger Template Sponsored by Emocutez