terça-feira, 29 de setembro de 2009

Tuntz, tuntz... Festa.

Postado por Babi às 13:37
Reações: 
Gente, sàbado dia 29 de setembro teve uma festa à fantasia na Pacha aqui em Floripa. E adivinhe só?! Eu fui.
Nossa, foi muito legal, apesar de não lembrar de algumas situações, eu me diverti muito. Muito mesmo.
Sabe quando você quer se livrar de todos os problemas na escola, com os pais, com os amigos? Então, vá para uma festa, se divirta. Curta sua juventude, é a melhor coisa que alguém pode fazer.
Você se sente leve, livre e solto.
Já estou morrendo de vontade de comparecer na próxima festa.
Vou postar algumas fotos aqui, para vocês verem minha fantasia (e de minhas amigas).

Contando os fatos: Então, às três horas da tarde, minhas amigas ( Emily de bonequinha, Louisie de Anjo e eu de Miney), vieram até minha casa, para fazermos o dia da beleza. Agente hidratou os cabelos, fizemos a unha, tomamos banho, fizemos chapinha, escova e babyliss, e colocamos a roupa.
Eram dez e quinze da noite e nós ainda estávamos na maquiagem (sendo que nós iriamos para a festa às dez e meia), quando eram dez e meia em ponto, ficamos prontas.
Quando finalmente nós colocamos os pés para fora de casa, caiu um toró que eu nunca tinha visto igual, parecia que nossos pais tinham feito uma dança da chuva (com direito a tanguinha), para estragar nossa noite.
Mesmo assim, arriscamos e saimos. Quando chegamos perto do meio do caminho, tivemos que voltar, pois não dava para se ver nada na rua.
Voltamos e ficamos da casa da Emily até a chuva passar. Quando finalmente a chuva parou, a mãe da Louisie foi nos buscar. (que rolo né?)
Então, quando chegamos na festa, estava com várias pessoas chegando, e outras tantas bebendo. Ficamos perdidas, esperando a Marina (que estava com os convites) chegar. Quando eram meia noite e alguma coisa, agente finalmente encontrou a Marina.
Finalmente dentro da festa, fomos ao caixa pegar a pulserinha e colocar dinheiro nela. Fiz amizade com o moço do caixa e tudo. Quando fomos ao bar, pedimos uma latinha de smirnoff bem geladinha.
E fomos dançar. Dançamos o resto da noite até os pés começarem a doer. A certa altura da noite, o vocalista da banda gritou : quem é solteira levanta a mão! Eu, obviamente levantei. Não sei de onde, mas se formou uma baita de uma rodinha em volta de mim e de minhas amigas.
Um cara (até que simpático. Não bonito. Simpático) veio falar comigo, ele era legal, mas não rolou nada.
Quando faltavam uns vinte ou trinta minutos para nós irmos embora, um cozinheiro (hahaha) apareceu e me agarrou. Se não fosse a Emily me salvar...
Quando bateu três horas da manhã, meu pai foi nos buscar.
Já estou morrendo de saudades de dançar, pular e cantar. Quero mais festa. Só que dessa vez temos que ficar até tarde, ou melhor, até cedo!


Beijosmeligaqueromaisumafesta.

0 Comente aqui.:

Postar um comentário

 

Esse é o MEU conto de fadas. Copyright © 2010 Designed by Ipietoon Blogger Template Sponsored by Emocutez