terça-feira, 1 de setembro de 2009

Esse é o último, eu juro.

Postado por Babi às 15:53
Reações: 
Não pense que esse é meu último post, pois não é. Esse título é por que eu juro que este vai ser o último post sobre esse assunto. Até por que, eu não criei meu blog no intuito de escrever sobre esse tipo de pessoa, e sim, sobre assuntos do cotidiano que todos que eu conheço já passaram ou ainda vão passar.

Eu moro num universo só meu, meu mundo é cor-de-rosa cheio de glitter. Agora, além do meu mundo particular, tenho meu mundinho verde-musgo onde escrevo tudo o que sinto no mundo de verdade, onde existe ódio, raiva, mentiras e mais ódio.
Eu não faço questão de ficar 100% do meu tempo no mundo real, prefiro ficar a maior parte do tempo em meu mundinho único.
Eu tenho um poder incrível de me desligar do mundo e deixar as pessoas vomitando provocações para me atingir, falando com o vazio da minha mente.
Eu me desprendo do meu corpo e fico vagando pelo meu mundo, onde há animais, verde e tudo o que eu gosto e me deixa mais feliz.
Você não vai conseguir me provocar. Não mesmo. Você pode jogar seu veneno para outras pessoas que te rodeiam, ou pode até engolir, ou fazer o que você julgar melhor. Mas você realmente não me incomoda.
Eu tenho a maior certeza que você é a pessoa mais infeliz do mundo e não ganha nenhum tipo de atenção. Posso estar julgando errado, mais não vejo outra razão para essa vontade incontrolável de aparecer e se destacar dentre os demais.
Sério! Eu realmente não entendo. Você jura que é legal não ter ninguém que te suporta por mais de 5 minutos? Por favor, não diga que você não se importa com os outros. Pois se você não se importasse com o que os outros falam e pensam, você não ia querer parecer uma macaca de circo tentando chamar a atenção de seu "público."
Você acha que todos são submissos a você. Mas não. Você só está criando um exército de pessoas que não suportam mais ver suas risadas forçadas, suas onomatopéias e sua imitações. Você realmente não tem a mínima graça.
Eu tentei ficar perto de você. Juro que tentei. Mas não aguentei ficar nem 10 minutos perto. Sua idiotice me afeta como afeta o resto de todos que infelizmente convive com você.
Como eu disse, vivo em um mundo que é só meu, mas as vezes, temos que voltar ao mundo real que ver certas coisas que nos incomoda e nos faz querer voltar para o mundo de paz que criamos. E você é uma dessas coisas, a pior coisa eu diria.
Juro que vai ser a última vez que escrevo algo sobre você aqui, pois acredito que seja perda de tempo. Como diria minha vó " pau que nasce torto morre torto" deviam ter te endireitado quando ainda tinha chance, mais agora já é tarde demais.

Só um pequeno e sincero aviso à você: Para de pensar que você é melhor do que os outros. Você não é. Você não melhor assim como eu também não sou. Para de tentar parecer uma coisa que você não é.


Beijosmeliga.

3 Comente aqui.:

Suzana on 1 de setembro de 2009 16:46 disse...

Prima, o mal a gente tem que cortar pela raiz...
Mete a enxada!

Babi on 1 de setembro de 2009 16:54 disse...

Não duvide que minha vontade é realmente essa. Eu falei para minha amigas que eu queria muito poder levar várias pedras na bolça e tacar nela todas as vezes que ela falar alguma palavra atravessada para mim. O problema é que não adianta nem discutir muito menos bater. Gente assim não aprende nem na base da porrada. Tem que bater enquanto é pequeno, depois não adianta mais.

phalla on 2 de setembro de 2009 11:20 disse...

Nice to be in your site,
anyway, could you exchange link?
Here is my site:
http://khmerlovenews.blogspot.com/
I hope you could do it to share more friendship

My best regards,
Phalla

Postar um comentário

 

Esse é o MEU conto de fadas. Copyright © 2010 Designed by Ipietoon Blogger Template Sponsored by Emocutez